fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeGiro pelo MundoDicasConheça o museu dedicado a Picasso em Paris

Conheça o museu dedicado a Picasso em Paris

Conheça o museu dedicado a Picasso em Paris

Cristiane Sinatura

À primeira vista, pode parecer estranho que um dos maiores nomes modernos da pintura espanhola seja tema de um museu em… Paris. Mas tudo faz sentido quando a gente lembra, ou aprende, que Pablo Picasso, nascido em Málaga em 1881, começou sua relação com a França quase aos 20 anos e lá acabou por desenvolver a maior parte de seu trabalho. E, assim, o Musée National Picasso se revela um passeio imperdível para quem gosta do pintor ou das artes em geral.

Inaugurado em 1985 no palacete conhecido como Hôtel Salé, do século 17, o museu reabriu em 2014, após cinco anos de reformas, que mantiveram preservada a icônica escadaria central.

É verdade que Málaga também tem um museu dedicado a seu filho ilustre, mas o de Paris, no charmoso e descolado bairro do Marais, afirma ter a maior coleção de obras do artista em todo o mundo – são 5 mil peças, entre telas, esculturas, cerâmicas e rascunhos. Em ordem cronológica, jogam luz sobre as diversas fases de Picasso: o cubismo, o surrealismo, o período azul e por aí vai…

Doado pelos herdeiros dele ao Estado francês, o acervo não fica exposto na íntegra: exibições temporárias se revezam em alguns dos cinco andares, de forma a dinamizar o museu e torná-lo sempre uma novidade. Em outubro, por exemplo, entra em cartaz a mostra Picasso-Giacometti, que aborda as relações do espanhol com o artista plástico italiano.

O mais bacana do museu é que, além das obras que associamos imediatamente a Picasso por conta dos traços característicos, há ainda uma série de itens que de bate-pronto não se diríamos que são dele, especialmente os trabalhos em cerâmica.

Entre os “clássicos”, é possível ver os preparativos que levariam a As Senhoritas de Avignon, a série cubista Homem e o Violão e telas surrealistas sobre a Guerra Civil Espanhola (no estilo da obra-prima Guernica, que fica no Museu do Prado, em Madri). Há também peças do acervo pessoal de Picasso, que incluem Renoir, Matisse e Cézanne. Você pode fuçar o acervo do museu aqui.

Recomenda-se comprar o ingresso com antecedência pela internet para evitar filas – ainda que seja um museu bem menos movimentado que o Louvre. Custa € 12,50 (ou € 16,50 com audioguia). museepicassoparis.fr

 


Clique aqui e confira opções de hospedagem em Paris!


 

Leia também:

Paris: um guia do que fazer bairro a bairro

Como visitar o Museu do Louvre, em Paris

Paris com crianças: passeios e dicas práticas

9 museus imperdíveis para conhecer em Paris

O que fazer de graça em Paris

 

Você já pensou em acumular milhas aéreas suficientes para fazer uma viagem internacional por ano? Aguardar seus voos em qualquer lugar do mundo dentro de uma sala VIP? Ter seguros e proteções no dia a dia a nas viagens? Se você quer ser um viajante profissional, não perca esses dois e-books que a Viajar Pelo Mundo, em parceria com o site Falando de Viagem, prepararam. Chega de pagar por aquilo que você tem direito, está na hora de você conhecer todos os benefícios do seu cartão!

Clique aqui e aproveite!