HomeServiçosComo fazer um seguro viagem: tire suas dúvidas

Como fazer um seguro viagem: tire suas dúvidas

Como fazer um seguro viagem: tire suas dúvidas

Você sabia que o seguro viagem precisa ser adquirido com pelo menos 24 horas de antecedência do embarque? Confira as nossas dicas

Seguro viagem

Quando planejamos a nossa viagem, a última coisa que pensamos é sofrer algum tipo de imprevisto durante os dias de férias, mas imprevistos acontecem e correr o risco de viajar sem um seguro é um dos maiores erros dos viajantes.

Já imaginou aquela febre repentina, uma dor de barriga inesperada ou um simples mal-estar por conta de uma alimentação diferente? Tudo pode virar um grande problemão, mas é super simples se prevenir e não correr grandes riscos.

Se aqui no Brasil, no dia a dia, você se preocupa e paga mensalmente um seguro saúde, mesmo sem usar, por que não garantir também a sua cobertura durante a viagem? Acredite, o custo-benefício é ótimo, são ofertas que realmente valem a pena e você não se arrependerá.

Por isso, separamos algumas dicas e informações imperdíveis sobre seguro viagem para auxiliar os viajantes em suas férias. Evite problemas e viaje seguro.

 

O que é um seguro viagem?

Ele funciona como um plano de saúde para viagens internacionais, igual ao que temos aqui no Brasil para o nosso dia a dia. A diferença, porém, é que funciona apenas por um período de tempo determinado. Além da cobertura similar ao plano de saúde, é também uma garantia de indenização para uma série de situações e acidentes.

Além disso, o seguro normalmente precisa ser adquirido com pelo menos 24 horas de antecedência do embarque e habitualmente é feito para destinos internacionais, onde os planos de saúde brasileiros não são válidos.

Apenas 37% dos brasileiros fazem isso em suas viagens nacionais, de acordo com dados da GTA, uma das principais empresas de seguro viagem no Brasil. Por isso, não esqueça de contratar o seu.

 

Existe diferença entre assistência de viagem e seguro de viagem?

Ambos são seguro viagem, mas a principal diferença está na operação de quem paga a conta no momento do imprevisto. No caso do seguro viagem, por exemplo, as despesas médicas são pagas pelo viajante, que precisa desembolsar o dinheiro e solicitar o reembolso à seguradora, quando voltar de viagem.

Fique atento, também, aos valores contratados na apólice do seguro viagem. Uma dica é guardar muito bem todos os recibos de despesas, pois será necessário comprovar tudo para solicitar o reembolso.

Essa opção é a mais burocrática, mas o viajante pode escolher onde quer receber o atendimento e não depender dos estabelecimentos conveniados do seguro.

Assistência de viagem

Já no caso da assistência de viagem, o modelo de utilização do seguro é diferente. Afinal, todos os custos a partir da abertura do chamado são de responsabilidade da seguradora contratada, respeitando os limites estabelecidos no ato da contratação do serviço.

Para ter acesso a este último, então, é necessário que o viajante entre em contato com a seguradora e siga as instruções passadas pela equipe de atendimento.

Quer ficar conectado 24 horas por dia durante as suas férias? Aproveite os preços e condições especiais de chip internacional. Saia do Brasil com o seu chip em mãos e pagando em até 6x sem juros! Confira aqui a oferta

Tendo necessidade de encaminhamento a uma clínica ou hospital, a seguradora indicará o local onde o atendimento será realizado e o viajante não precisará pagar por ele. Entretanto, a grande desvantagem desse modelo de seguro é a obrigatoriedade em ter o atendimento somente em locais indicados pela seguradora.

Enfim, é muito fácil contratar o seu seguro. Então, aproveite os melhores preços e viaje tranquilo.

 

Por que devo fazer um seguro viagem?

Já imaginou você quebrar o braço em uma queda boba durante uma caminhada nas ruas de Paris ou, de repente, pegar um resfriado daqueles de nos deixar em cima de uma cama com 40º de febre?

Esses são apenas dois das centenas de motivos que justificam a necessidade de todo viajante fazer um seguro viagem durante as suas férias ou viagens a trabalho para o exterior. Afinal, imprevistos não marcam dia, hora e muito menos lugar para acontecer.

Agora, imagine pagar tudo isso em dólar ou euro, na correria, na urgência. Já imaginou? Em alguns casos os custos hospitalares ultrapassam o valor pago em uma passagem de ida e volta para qualquer lugar do mundo, e uma simples dor de dente pode consumir centenas e até milhares de dólares que poderiam ser usados para curtir e aproveitar grandes experiências durante as viagens.

Por esses motivos o seguro viagem é importante e acaba sendo uma enorme economia para o viajante antes de embarcar, sem contar que custa bem menos do que você imagina.

Lembre-se, também, que o seguro viagem não vale apenas para problemas de saúde, já que também ajuda o viajante em casos de remarcação de passagem, extravio de malas, assistência jurídica, repatriação do corpo em caso de morte e vários outros serviços.

O seguro normalmente precisa ser adquirido com pelo menos 24 horas de antecedência do embarque (foto: shutterstock)

 

Quanto custa um seguro viagem?

Fazer um seguro de viagem custa bem menos do que qualquer consulta médica nos Estados Unidos, por exemplo. Se comparar com o custo para fazer um raio x, então, fica a preço de banana.

E ao comparar seu valor com o preço pago na passagem, hotel ou os custos com alimentação, você perceberá que ele é realmente indispensável, ficando de 1% a 3% do custo total da viagem.

Deixar de fazer um seguro viagem é uma economia besta e que deixará você e sua família vulneráveis a grandes problemas inesperados. Para ser ter uma ideia, um seguro viagem contratado na Seguros Promo, para qualquer destino na Europa, entre os dias 27/12 e 01/03 (7 dias), ou seja, altíssima temporada, é de R$ 72 para menores de 68 anos e R$ 132 para maiores de 69 anos.

Ele cobre US$ 50.000 para despesas médicas e US$ 600 por extravio de bagagem, por exemplo. Lembrando que os valores e coberturas podem variar de acordo com o período e serviços contratados durante o fechamento do seguro.

Outro exemplo: despesas médicas nos Estados Unidos são caríssimas, chegando a US$ 8.000 por um simples atendimento de emergência. Já 3 dias de internação podem custar ao viajante facilmente US$ 60.000. Algo que no Brasil talvez seja barato, simples e solucionável, no exterior poderá ser justamente o contrário. Somando isso ao idioma e desconhecimento do local, provavelmente economizar em uma emergência será um grande desafio para um viajante sem seguro.

 

Como contratar um seguro?

Existem diversas empresas que vendem esse tipo de serviço e muitas delas oferecem contratos on-line, de forma simples e segura. Também é possível contratar o seguro via agência ou operadora de turismo de sua preferência.

Por aqui, usamos sempre a Seguros Promo, que além de ser nossa parceira, é quem garante os seguros de nossos jornalistas e oferece um buscador que pesquisa os melhores preços e condições nas principais companhias de seguros viagem existentes no Brasil. Veja aqui ofertas de seguro viagem.

 

Qual seguro de viagem devo contratar?

Buscar uma empresa confiável, sólida e com experiência nesse segmento é fundamental. Algumas perguntas serão feitas no momento da cotação e contratação do seguro. Por isso, preste muita atenção, já que elas precisam ser respondidas de forma correta para que o seguro tenha validade.

Uma busca nas principais empresas de seguro pode ser feita através deste link e a contratação também poderá ser feita on-line. É aconselhável levar sempre a sua apólice de seguro impressa e deixar junto com os seus documentos de viagem.
Os seguros precisam ser contratados com base nos destinos visitados, tendo em vista que as regras mudam de país para país e de acordo com as atividades realizadas durante a viagem.

Existem pacotes básicos e super completos, por isso, procure um seguro cuja apólice atenda às suas necessidades, para não acarretar nenhuma frustração durante a viagem.

Faça uma viagem tranquila e segura. Não deixe de contratar um Seguro Viagem.

Imprevistos acontecem e pode atrapalhar demais a sua viagem. Se aqui no Brasil você tem um seguro saúde para emergências, por que correr o risco de viajar sem uma cobertura? Além disso, você sabia que na Europa alguns países exigem um seguro contratado na imigração e que um simples exame de raio-x nos EUA pode custar até US$ 300?

Faça agora mesmo uma cotação online na Seguros Promo e compare o preço das melhores seguradoras do Brasil. É rápido, fácil e você recebe a cotação na mesma hora. Por exemplo, um seguro básico, para 7 dias na Europa, chega a sair por apenas R$ 72,00*

Principais vantagens:
- Parcelamento em 12x sem juros no cartão de crédito
- Mais barato do que comprado direto em seguradora
- Melhor preço garantido, cobertura de qualquer oferta de seguro viagem;
- Atendimento 24hs em português
- Seguro bagagem
- Seguro contra acidentes pessoais
- Assistência médica e hospitalar
- Seguro para cancelamento e atraso de voos
- Reembolso com despesas médicas e muito mais

* Cotação realizada em março/2020 para uma viagem entre os dias 27/12/2020 e 01/03/2021 para um viajante menor de 68 anos.
Saiba Mais

 

Sobre o Tratado de Schengen

Os países que fazem parte da União Europeia exigem um seguro viagem especial que segue as regras do Tratado de Schengen. Ou seja, caso você passe por um desses países sem esse item em seu seguro, o risco de ser barrado é grande.

Além disso, se você vai para um destino e pretende praticar esportes radicais, como esqui, snowboard, escalada, mergulho e outros radicais, o tipo de cobertura comum não se aplica a acidentes nessas modalidades. Por isso, o ideal é sempre consultar uma apólice de seguro válida para essa finalidade. Adultos acima de 70 anos e mulheres grávidas também possuem diferenças em seus seguros.

Há, ainda, os seguros especiais, para proteger celulares, computadores e outros equipamentos eletrônicos, que devem ser contratados à parte.

Como podemos ver, existe seguro para tudo e o limite é o tamanho do seu bolso e a preocupação para a viagem. Agora, independentemente se o plano é básico ou super completo, o que você não pode fazer em sua próxima viagem é embarcar sem um seguro viagem contratado.

Mapa da Europa

Fique atento aos países que participam do Tratado de Schengen (foto: shutterstock)

 

Como saber qual é a melhor seguradora de viagem?

Nossa sugestão é optar sempre pelas mais conhecidas e com mais tempo de mercado. O seguro em si não muda tanto de uma para outra, são produtos similares e que atendem a grande maioria dos viajantes.

Aqui na redação, por exemplo, temos como parceira nessa área a Seguros Promo, que nos atende para todas as demandas e que nunca nos deixou na mão.

Para contratar o seguro é muito simples, basta acessar o site e fazer uma busca. A própria Seguros Promo já apresenta a você as melhores opções em seguros, pois funciona como um buscador, apresentando sempre o melhor custo-benefício para o viajante.

Entretanto, se a sua opção for contratar um seguro direto, sem usar a nossa sugestão, a dica é buscar sempre um seguro conhecido, que tenha um atendimento simples e que apresente os produtos com clareza.

 

O meu cartão internacional já tem seguro viagem?

Vários cartões de crédito oferecem seguro viagem a seus correntistas e o mais importante é você se informar sobre as regras para utilização do mesmo. Alguns seguros são válidos a partir de um certo status de cartão, outros cobrem somente se as passagens foram compradas com o cartão do titular, alguns valem de forma automática.

Por isso, é muito importante que o viajante entre em contato com a administradora do cartão de crédito para esclarecer todas as dúvidas e coberturas.

Uma dica importante é questionar como será o contato em caso de emergência, pois em muitos casos a única forma que os viajantes têm para entrar em contato com a seguradora é via telefone, fazendo uma ligação a cobrar ou pagando as despesas de roaming internacional.

Que tal viajar conectado 100% do tempo?

Já imaginou não ter internet para pedir um Uber, acessar um mapa, mandar foto ou trocar mensagens com os amigos durante a sua viagem dos sonhos?

Por isso preparamos uma oferta especial para você comprar o seu chip de dados Global 4G de ALTA VELICIDADE com a nossa parceira America Chip e utilize o seu celular 100% do tempo em qualquer destino ao redor do mundo.

Use o cupom MUNDOVIAJAR e receba 10% de desconto e receba o seu chip em casa, antes mesmo de embarcar para as férias.

Confira aqui as vantagens de adquirir um chip da nossa parceira America Chip:
- Entrega em até 10 dias úteis
- Planos a partir de 5 dias com internet ilimitada 4G
- Atendimento em português
- Seu Whatsapp com o mesmo número
- Pagamento em Real e em até 6x
- Configuração do chip extremamente fácil
- Excelente custo benefício e sem dúvida a opção mais fácil e sem surpresas para ter internet ilimitada

Saiba Mais

 

O viajante deve questionar, também, os itens e valores que estão inclusos no seguro viagem oferecido pelos cartões de crédito, suas coberturas, se é um seguro ou uma assistência e como utilizar em caso de necessidade no exterior. A maioria dos produtos do seguro de cartão de crédito são básicos e não ofertam toda a gama de coberturas possíveis. Por exemplo, alguns não disponibilizam cobertura para o extravio de bagagem, que é uma das mais utilizadas.

A maioria dos cartões disponibiliza em seu site os contratos e as coberturas, além dos outros serviços disponíveis para viajantes, como concierge, salas vips e até mesmo seguros para carros alugados.

 

Está planejando sua viagem e tem dúvidas sobre como alugar um carro? Veja aqui o passo a passo para alugar seu veículo

 

 

Quando a contratação do meu seguro deve ser feita e por quanto tempo eu devo contratar?

Você pode contratar o seguro a qualquer momento, inclusive um dia antes da sua viagem. Existe uma variação diária, pois a maioria dos seguros é indexada ao dólar ou euro. A contratação pode ser feita pelo próprio site das empresas ou através da Seguros Promo, nossa parceira aqui no site Mundo Viajar.

Quanto ao tempo de contratação, a dica fica para sempre colocar o vencimento do seguro pelo menos um dia após a data de volta da viagem. Imprevistos acontecem, por isso, caso aconteça um atraso na cia aérea ou até mesmo uma remarcação da sua passagem, seu seguro está garantido.

 

Qual a minha cobertura com o seguro de viagem?

A grande maioria dos seguros de viagem cobre um pacote padrão, que inclui atendimentos médicos de emergência, consultas rápidas presenciais ou por telefone, algum tipo de assistência em caso de extravio ou atraso de bagagem (que reembolsa despesas com roupas e artigos de higiene) e também uma cobertura que começa a valer a partir da contratação do seguro, que é a de cancelamento de viagem.

Porém, todos oferecem uma série de outros serviços que podem deixar o seu seguro ainda mais completo, como por exemplo:
– Atendimento médico e odontológico 24h;
– Despesas farmacêuticas;
– Hospedagem após alta hospitalar;
– Remarcação de passagem para regresso;
– Repatriação médica e funerária;
– Indenização no caso de morte, invalidez permanente ou total e no caso de extravio de bagagem;
– Despesas jurídicas.

Além desses itens, vários outros estão à disposição dos viajantes e tudo vai depender do tamanho de sua preocupação e bolso. De qualquer forma, o mais importante é sempre viajar assegurado, mesmo que com o básico, que inclui despesas médicas com consultas e internações.

 

Recebo algum comprovante que fiz um seguro? Tem alguma carteirinha?

Sempre que um seguro viagem é feito, o viajante recebe por meio eletrônico um contrato e uma apólice de seguro. Mesmo que você tenha o arquivo em meios digitais, aconselhamos sempre a levá-lo impresso e deixar junto com os documentos de viagem.

Ainda que você tenha o seguro atrelado ao seu cartão de crédito, é importantíssimo ter o contrato em mãos e com fácil acesso, até porque ele pode ser solicitado na imigração do país visitado (o que é raro, mas pode acontecer), ou até mesmo em uma eventual emergência médica.

Uma dica é deixar todos os viajantes alertas de onde estão os contratos e os telefones em caso de emergência. Deixe também uma cópia das informações do seguro com um contato aqui no Brasil. Querendo ou não, ele acaba sendo um backup das informações no caso de uma emergência.

 

Como será o atendimento do seguro viagem?

No caso do seguro viagem, o viajante pode se dirigir a um pronto-socorro ou atendimento médico de sua preferência. Se possível e se estiver em condições, é importante que seja feito contato com a seguradora para informar o ocorrido e indicar onde está sendo feito o atendimento.

 

Tem dúvidas sobre como usar seu celular no exterior? Então leia aqui uma matéria completa e entenda mais sobre chip global, roaming internacional e o que fazer para não ficar sem internet 

 

É importante lembrar que, no caso do seguro viagem, o viajante paga as contas e a seguradora reembolsa mediante comprovação dos recibos. Por isso, guarde absolutamente tudo que possa comprovar atendimento, exames e medicação que foram cobrados durante o atendimento.

 

Assistência viagem

Já no caso da assistência viagem, é necessário que o viajante entre em contato com a empresa para receber o atendimento. Normalmente é enviado um médico ao local para uma primeira avaliação e, tendo a necessidade, o mesmo indicará um hospital ou serviço especializado para fazer o atendimento.

No caso de assistência de viagem, o viajante não pagará nada para ser atendido, já que tudo é feito diretamente com os hospitais e médicos por intermédio da empresa que ele contratou para garantir a sua assistência viagem.

Se por algum motivo médico a sua viagem precisar ser estendida por conta de uma internação ou por impossibilidade de regresso ao país de origem, o prazo de validade do seguro é automaticamente estendido, porém os valores de cobertura serão respeitados conforme o contrato.

Por isso, atente-se às cláusulas do seguro ou assistência que você está contratando para viajar. É fundamental que o viajante esteja ciente de todos os serviços que estão sendo contratados.

 

Em que língua serei atendido no caso de precisar acionar o meu seguro?

A maioria dos seguros contratados na Seguros Promo possui atendimento telefônico em português. Já o atendimento local, no caso da assistência viagem (que envia um médico ao local onde o paciente está) ou do seguro viagem (no qual o viajante procura um local para ser atendido), provavelmente será feito na língua nativa do destino.

 

Tive problemas com o meu seguro viagem, o que fazer?

A melhor alternativa é sempre procurar resolver o problema com a empresa que você contratou o seguro. Por isso, tenha sempre o contrato e todos os comprovantes de atendimento, cópias de receitas médicas, notas de medicamentos, enfim, tudo que comprove que você teve despesas no exterior.

Com tudo em mãos, é mais fácil acionar a justiça brasileira e comprovar as despesas com base no contrato firmado entre o viajante e a seguradora. Se o problema for durante a viagem, deixe sempre uma pessoa (amigo ou parente) com a cópia de seu seguro viagem e os telefones de contato da empresa que você contratou. Muitas vezes, longe da emergência e aqui no Brasil, é mais fácil entrar em contato e resolver os problemas de forma mais tranquila.

 

SUSEP e outros órgãos

No Brasil existe uma agência reguladora de seguros, que é a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) e o CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados), sendo ambos os responsáveis pelas empresas que emitem seguros no Brasil.
Antes de acionar a justiça, se o problema não foi resolvido pela empresa, procure órgãos como o Reclame Aqui, que em muitos casos conseguem ajudar os viajantes a solucionar os problemas. Se mesmo assim não funcionar e a última saída for entrar na justiça, ter toda a documentação organizada é fundamental para agilizar o processo

A Seguros Promo oferece atendimento 24h em português, facilitando a sua viagem. Clique aqui e compre seu seguro 

Se você tem uma história parecida, conte para o nosso time aqui nos comentários.

A seguir, um quadro comparativo dos preços de atendimento médico no exterior, com e sem seguro.

Tabela com preços de seguro viagem

 

Leia também:

Uso do celular no exterior: tudo o que você precisa saber

Aluguel de carro: veja como funciona

5 dicas para alugar carro de forma segura

Como fazer boas fotos de viagem com o celular