fbpx
HomeDestinosAmérica do NorteNova York: o que fazer em Chelsea

Nova York: o que fazer em Chelsea

Nova York: o que fazer em Chelsea

O passeio pelo bairro dá um gostinho de como é ser nova-iorquino. Aqui é para andar sem pressa, fazer um piquenique, deixar as grandes marcas de lado para conhecer lojinhas e restaurantes mais locais

Por Thelma Lavagnoli e Cristiane Sinatura

Whitney Museum of American Art

Em um prédio incrível de nove andares na boca do High Line, este museu dedica-se a mostrar a produção artística dos Estados Unidos, com obras do século 20 e contemporâneas, incluindo fotografia, instalações e pinturas. O passeio vale também pelas vistas, principalmente no terraço do café. Confira aqui!
99 Gansevoort St

 

Whitney Museum of American Art

Whitney Museum of American Art (foto: shuttersotck)

 

Chelsea Market

Uma antiga fábrica de biscoitos deu origem a um mercado supercool com dezenas de bares, restaurantes e padarias, além de lojinhas descoladas. Alguns dos nossos favoritos são as rosquinhas doces do Doughnuttery e a comida tex-mex delícia do Los Tacos Nº.1. Uma boa pedida é comprar sua comida ali e seguir para um piquenique no High Line, ali do lado. Confira aqui!
75 9th Ave

 

Chelsea Market

Chelsea Market (foto: shutterstock)

 

High Line Park

O que antes era um viaduto ferroviário abandonado agora é um parque suspenso e uma das áreas verdes mais gostosas da cidade. A oito metros de altura, ele se estende por mais de dez quadras e é decorado por gramados, food trucks e obras de arte. Aberto desde 2009, é um exemplo dos projetos de renovação urbana local. Confira aqui!
Entre Gansevoort St e W 34th St

 

Onde se hospedar em NY?

Innside NoMad: Hotel moderno no Chelsea, seus 313 quartos compactos e funcionais incluem minibar grátis, cafeteira Nespresso e TVs com Bluetooth. Tem academia 24 horas e restaurante do chef Scott Conant.

 

Sleep No More

Antigos galpões foram reformados para dar vida ao McKittrick, um hotel cenográfico inspirado nos anos 1930, com mais de cem ambientes detalhados: tem quartos, bar, salão de festas, bosque e até cemitério. No meio disso tudo, acontece uma releitura sombria e
intrigante de Macbeth, de Shakespeare. Os espectadores usam máscaras e podem circular livremente pelo hotel enquanto os atores protagonizam as cenas ao longo de três horas. Confira aqui!
530 W 27th St

 

Nos arredores: Soho, Greenwich, Tribeca e Meatpacking

O Soho é cheio de butiques caras e lojas de grandes marcas. Já Tribeca era um bairro industrial e hoje virou lar de artistas alternativos, restaurantes finos, galerias modernas, tudo em um ambiente que remete ao século 19. Greenwich Village, mais conhecido como “The Village”, é um dos pedacinhos mais charmosos da cidade, com casas pitorescas, ruas tortuosas que serviram de cenário para Friends e bons restaurantes. Já o Meatpacking District é o núcleo boêmio e com boas opções gastronômicas, como o Gansevoort Market, food hall com várias comidinhas, como as pizzas do Luzzo’s, os ramens do Makito, os ceviches do Mission e os sanduíches do Burger Inc.

 

Leia mais:

Nova York: o que fazer no Chelsea

Nova York: conheça os melhores pontos da Financial District

Nova York: os passeios mais bacanas em Midtown

Nova York: tudo em Upper East Side

Atrações fora da Ilha de Manhattan