HomeDestinos9 dicas de atrações para curtir em Londres

9 dicas de atrações para curtir em Londres

9 dicas de atrações para curtir em Londres

Seu roteiro pela Inglaterra só estará completo depois de adicionar essas dicas de atrações para aproveitar em Londres

Por Cristiane Sinatura

Se você está de férias na Inglaterra e já passou pelos principais pontos turísticos, não deixe de incrementar seu roteiro com essas 9 dicas de atrações extras para curtir em Londres:

 

Churchill War Rooms

É neste bunker da Segunda Guerra Mundial que o primeiro-ministro britânico Winston Churchill ditava ordens contra as investidas do Eixo. As salas foram mantidas como eram naquela época, com fotos, vídeos e áudio, documentando a história.

Faz parte dos Imperial War Museums, que engloba, ainda, o IWM London (exposição gratuita sobre guerras), além do navio-museu HMS Belfast. iwm.org.uk

Churchill War Rooms

Churchill War Rooms (foto: shutterstock)

 

London Transport Museum

Neste museu, os últimos 200 anos da história de Londres são contados de forma a traçar um paralelo entre o crescimento da cidade o desenvolvimento dos transportes.

São mais de 45 mil itens expostos no antigo prédio do Flower Market, entre veículos e memorabilia, incluindo um icônico ônibus de dois andares e, também, o primeiro trem subterrâneo a vapor. Por isso é uma das atrações imperdíveis para curtir em Londres. ltmuseum.co.uk

London Transport Museum

London Transport Museum (foto: shutterstock)

 

Busque aqui o seu hotel em Londres



Booking.com

 

 

Shakespeare’s Globe

Sendo a réplica de um teatro elisabetano do século 17, esta arena a céu aberto conta com plateia circular e tem apresentações de peças de Shakespeare e de outros autores, entre abril e outubro.

No resto do ano, entretanto, elas migram para o teatro coberto Sam Wanamaker Playhouse, que também faz parte do complexo. Há, ainda, tours guiados + exposição sobre a história do Globe, do Bardo e da arte teatral. Ou seja, programação para todos os gostos. shakespearesglobe.com

Shakespeare’s Globe

Shakespeare Globe (foto: divulgação)

 

 

Vai a Londres? Você precisará de um seguro viagem. Leia mais aqui

Aproveite e adquira seu seguro viagem aqui 

 

Harrods

Esta enorme loja de departamentos fundada em 1834 é uma boa pedida entre as atrações para curtir em Londres. A começar, claro, por sua kitsch escadaria egípcia, que resume o desbunde de seus sete andares. Há, por exemplo, seções dedicadas a vestuário (incluindo butiques de grife, como Prada e Dior), além de cosméticos, decoração, tecnologia, infantil e mais uma infinidade de coisas.

Os preços assustam, porém, mesmo entre meros mortais vencidos pela conversão da libra, faz sucesso a parte de comida, com balcões recheadíssimos de doces, frutas, pães, queijos, frutos do mar… Deu água na boca, não é?

E a orgia gastronômica continua em quase 30 restaurantes, que oferecem de bar de ostras e chá da tarde até fish & chips e comida chinesa, passando por pizza e hambúrguer.
harrods.com

Harrods, em Londres

Harrods, em Londres (foto: shutterstock)

 

Camden Market

Oficialmente são vários mercados, que, aglomerados no entorno da Camden High Street e da Chalk Farm Road, formam um inferninho labiríntico com mais de mil lojas. Ou seja, há opções para todos os bolsos.

Eis um resumo turístico da vibe alternativa que impera em North London, não à toa berço do indie e lar de Amy Winehouse – homenageada, inclusive, com uma estátua no Stables Market. Trata-se, portanto, de uma mistura louca de quinquilharia made in China e antiguidades e figurinos de pegada gótico-rock.

Mas, a quem tiver paciência, revelam-se grandes achados, como artesanato de qualidade, brechós, peças de design e vestidinhos bacanas, com bons preços, aliás.

Isso sem falar nas barracas de comidas de toda parte do mundo no Camden Lock Market e no cenário pitoresco do Canal Market, que corre ao longo do Regent’s Canal – dali, por exemplo, você pode pegar um barco até Little Venice, uma agradável vizinhança com casas do século 18, cafés charmosos e teatros independentes. A noite em Camden Town tampouco deixa a desejar, com muitos pubs e casas de show ao vivo.

Camden Market

The Camden Market (foto: shutterstock)

 

Precisa de um carro para se deslocar em Londres? Alugue o seu aqui

 

 

Regent’s Park

Mais um parque real, é a maior área para prática de esportes ao ar livre em Londres, com instalações de futebol, softbol, rúgbi e críquete. Além disso, é famoso pelo Queen Mary’s Garden, com mais de 12 mil rosas de 400 tipos; o Open Air Theatre, com peças entre maio e setembro; e pela vista do alto da Primrose Hill.

Mas o grande destaque é, enfim, o London Zoo, com mais de 750 espécies – destaque para a área dos leões-asiáticos e a dos tigres-de-sumatra, ameaçados de extinção. Também fazem sucesso os pinguins e os gorilas. Bom saber: o zoo trabalha ativamente em programas de reprodução e preservação, também fora de cativeiro.
royalparks.org.uk

Regent’s Park

Regent’s Park (foto: shutterstock)

 

Portobello Road Market

Principalmente aos sábados, barracas de antiguidades tomam a rua, seguindo uma tradição que vem desde os anos 1950. Mas hoje já tem de tudo, incluindo roupas e comidas. Por isso, torna-se um passeio imperdível entre as atrações para visitar em Londres.

E tudo isso cercado, é claro, por charmosas casas coloridas – a de número 142, na Portobello Road, aparece como a livraria do personagem de Hugh Grant no filme Um Lugar Chamado Notting Hill.

Portobello Road Market

Portobello Road Market (foto: shutterstock)

 

Sherlock Holmes Museum

Os fãs do detetive se esbaldam no museu localizado no número 221B da Baker Street, que é, aliás, o endereço exato de sua casa, segundo os livros de Sir Arthur Conan Doyle.

O prédio reproduz um típico apartamento dos tempos vitorianos, ocupado por boneco de cera dos personagens. Além disso, toda a ambientação é complementada com uma divertida lojinha de suvenires. sherlock-holmes.co.uk

Sherlock Holmes Museum

Sherlock Holmes Museum (foto: shutterstock)

 

Madame Tussauds

Ok, museu de cera existe em todo lugar. Mas acontece que este é o Madame Tussauds original, nascido em homenagem à artista francesa que lhe dá nome – ela chegou em Londres expondo máscaras mortuárias de pessoas guilhotinadas durante a revolução do século 18 em seu país.

Tem celebridades, tem personagens de filmes, tem esportistas – mas o diferencial mesmo é a Família Real, representada por Elizabeth II, William, Kate e Harry. madametussauds.com/london

Madame Tussauds

Madame Tussauds (foto: shutterstock)

 

Leia também:

Como conhecer Londres em 6 estações de metrô

O que fazer de graça em Londres

Pub tour em Londres: 5 paradas imperdíveis

Cotswolds: a Inglaterra além de Londres

Compartilhar: