HomeDestinosCosta Amalfitana: Positano e Amalfi

Costa Amalfitana: Positano e Amalfi

Costa Amalfitana: Positano e Amalfi

Confira o roteiro pela Costa Amalfitana com dicas de o que fazer, onde ir e onde comer nas cidades de Positano e Amalfi

Por Cristiane Sinatura

Costa Amalfitana

Reunindo uma série de vilarejos ao longo de 50 quilômetros, a Costa Amalfitana, na região italiana da Campânia, não foi tombada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade à toa. Afinal, é inevitável se derreter pelo padrão de casas coloridas que sobem desde o mar até o alto dos rochedos, recortados por ruelinhas e escadas.

Turista admira vista da Costa Amalfitana

Turista admira vista da Costa Amalfitana (foto: shutterstock)

Banhada pelo Mar Tirreno, a Costa Amalfitana certamente é um adendo perfeito para quem está em Nápoles – dali, uma hora de carro leva até Positano, a primeira cidade de uma rota turística que se pendura sobre penhascos à beira-mar. Aliás, para quem está de carro, percorrer a estrada SS163 até Salerno é grande parte da graça, com todos os seus percalços.

 

Este é o roteiro ideal para fazer de carro. Então, que tal alugar um para garantir uma viagem mais cômoda? Clique aqui e encontre os melhores preços

Dirigir na Itália não é tão simples quanto parece. Veja dicas para se preparar para sua viagem 

 

 

Mas o roteiro não é ideal para um bate-volta, ainda que muita gente faça isso saindo de Nápoles ou Sorrento. Portanto, hospedar-se em Positano ou em Amalfi é um bom plano para quem quer imergir nesse pedacinho da Itália. Afinal, elas são daqueles lugares que fervem de turistas durante o dia e acalmam à noite. Certamente um charme.

Uma boa dica, aliás, é o Hotel Amalfi, onde ficamos hospedados. Ele está localizado no centro de Amalfi, a poucos metros da Catedral de Santo André. Durante a hospedagem, nos chamaram a atenção alguns fatores, como os quartos com decoração clean, além do terraço do hotel, com vista para a cidade.

As acomodações, por sua vez, oferecem ar-condicionado, TV via satélite e alguns quartos incluem varanda privativa. Para saber mais, clique aqui e aproveite para fazer sua reserva.

Nós também ficamos hospedados no Torre Barbara, hotel que fica perto de Sorrento. Achamos os quartos bem espaçosos (e eles ainda oferecem uma bela vista para o mar!), além de restaurante de especialidades locais e piscina. A maioria dos quartos possui varandas ou terraços e oferece wi-fi gratuito e TVs de LCD via satélite. Clique aqui para ver fotos e reservar.

Fica a dica: as empresas parceiras do nosso site (Booking, RentCars, Seguros Promo, RCA, entre outras), acessadas através de links em nossos textos, oferecem um ambiente seguro e sigiloso para suas compras. Saiba mais

Amalfi

Amalfi (foto: shutterstock)

Mais dicas de hotéis na Costa Amalfitana 

 

Hotel Savoia Situado em Positano, próximo à Praça Mulini e a apenas 200 metros da praia, o hotel oferece wi-fi gratuito e TV via satélite. Os quartos contam com terraço ou varanda francesa, que oferecem uma bela vista da paisagem. Reserve aqui.

 

Amalfi Casa Angelina Localizado em Amalfi, o hotel dispõe de wi-fi gratuito as acomodações contam com banheiro privativo. Nos arredores, estão pontos turísticos como a Praia Marina Grande, a Praia Atrani e a Praia Lido Delle Sirene. Reserve aqui.

 

Residence Villa Yiara Este hotel em Positano é exclusivo para adultos e todos os seus quartos apresentam vista para o mar. Localizado a apenas 800 metros da praia e a uma curta caminhada de restaurantes e cafés, oferece wi-fi gratuito e algumas acomodações contam com banheira de hidromassagem. Reserve aqui.

 

Le Perle d’Italia Em Ravello, a pousada oferece quartos com guarda-roupa, mesa de trabalho, TV de tela plana e banheiro privativo. O wi-fi é gratuito e opções de buffet de café da manhã e de café da manhã italiano estão disponíveis todas as manhãs na acomodação. Reserve aqui.

 

Hotel Marina Riviera Localizado em Amalfi, a apenas 25o metros da Catedral, o hotel dispõe de sacadas ou janelas grandes com vista do calçadão e da praia. Os hóspedes também podem desfrutar de banho turco e chuveiro sensorial. O café da manhã, por sua vez, oferece buffet variado. Reserve aqui.

 

Casa Maresca ResidenceEm Positano, dispõe de quartos com geladeira e chaleira, além de oferecer wi-fi gratuito. Esta propriedade dispõe de quartos família e terraço. Os quartos incluem varanda com vista para o jardim. Reserve aqui.

 

 

Roteiro pela Costa Amalfitana: Positano

Chegando em Positano de carro, há estacionamentos logo na entrada da cidade. Em seguida, é só força nas canelas para vencer ladeiras. O centrinho desemboca na enseada principal, a Spiaggia Grande, com 300 metros de pedriscos e água gelada.

 

Alugar um carro sem dúvida facilitará os seus trajetos pela Costa Amalfitana! Clique para conferir os preços 

 

Por cerca de € 20, podem-se usar espreguiçadeiras, guarda-sóis e vestiários com banheiro. Mas também dá para levar a canga e ficar de boa na área pública sem precisar pagar. Os restaurantes da orla, como o L’Incanto, por exemplo, cobram seu preço pelo visual. Você pode comer no próprio salão avarandado ou trazer caixas de pizza e focaccia para a “areia”.

Rua em Positano

Rua em Positano (foto: shutterstock)

Aos chegados em agito, a ponta esquerda da praia tem, no alto das rochas, a discoteca Music on the Rocks, onde DJs animam as noites de verão. Contudo, para quem prefere menos movimento, a menor e mais calma Spiaggia del Fornillo, que pode ser acessada por uma bela trilha de dez minutos, também tem estrutura de cadeiras, guarda-sol e restaurantes.

Positano no verão

Positano no verão (foto: shutterstock)

 

Vai à Europa e ainda não tem seguro viagem? Busque aqui:

 

Cada vez mais o seguro  deve ser visto como item indispensável no checklist de uma viagem. Afinal, ao viajar sem seguro, os custos dos imprevistos podem sair muito mais caros do que o valor investido na própria viagem. Leia mais

 

Costa Amalfitana: passeios de barco

Saindo da própria praia central, passeios de barco são atividades comuns por aqui. De fato, há vários roteiros para escolher. É possível navegar pelos principais destaques da Costa Amalfitana, como o Fiordo di Furore (um braço de mar que, semelhante a um fiorde, corta as rochas, formando uma pequena e bela praia), a Grotta dello Smeraldo (uma gruta marinha banhada por reflexos esverdeados de luz, com um presépio subaquático de cerâmica) e as Li Galli ou Sirenuse (um conjunto de três ilhotas habitado, segundo a mitologia, pelas sereias que tentaram seduzir Ulisses). Além disso, também há itinerários que levam até as cidades vizinhas, como Amalfi e Ravello.

Fiordo Di Furore

Fiordo Di Furore (foto: shutterstock)

Em terra, perder-se pelas ruelas do centro histórico de Positano é um programa para completar o dia. Aliás, em toda parte, estão à venda sandálias artesanais (como as da loja Safari, que produz mais de 300 modelos há 50 anos), cerâmicas que dão vontade de colecionar (como as do ateliê Assunta) e o licor limoncello (além de praticamente tudo o que for à base de limão, de velas a aromatizadores, como se vê na Sapori e Profumi di Positano).

Cerâmicas típicas de Positano

Cerâmicas típicas de Positano (foto: shutterstock)

Roteiro pela Costa Amalfitana: seguindo para Amalfi

A outra grande estrela da região é justamente Amalfi, a cidade que dá nome à costa (Costa Amalfitana). O trajeto de 20 quilômetros a partir de Positano leva mais de 40 minutos por conta das curvas, da estreiteza da estrada, dos outros carros e das paradas inevitáveis para fotos. Mas é lindo, salpicado por outros vilarejos-tesourinhos, como Praiano e Conca dei Marini.

 

Alugue um carro para tornar sua viagem mais cômoda. Clique aqui e encontre os melhores preços

Dirigir na Itália não é tão simples quanto parece. Leia mais 

 

O número de pit-stops fica a seu critério. Chegando a Amalfi de carro, desemboca-se em um estacionamento à beira-mar. Um calçadão com lojas, restaurantes e cafés acompanha a orla e, abaixo, corre a praia, bem cheia no verão. Funciona no mesmo esquema de Positano: balneários cobram pelo uso de espreguiçadeiras e guarda-sóis, mas também há áreas públicas. Por ali, fica o restaurante Marina Grande, em funcionamento desde 1918 e que também faz as vezes de beach club. Um quilômetro à frente, fica a praia de Atrani.

Praia de Atrani

Praia de Atrani (foto: shutterstock)

 

Conhecendo o centro de Amalfi

O grande trunfo local é a Catedral de Santo André ou, simplesmente, o Duomo, que remete ao século 9º. Uma grande escadaria conduz às portas de bronze trazidas no século 11 de Constantinopla (atual Istambul). Na entrada, dizem que dá sorte afagar a cabeça dourada do apóstolo André. Seus restos mortais repousam ali, no interior igualmente imponente do Duomo. A igreja é testemunho da época em que Amalfi foi, junto com Pisa, Veneza e Gênova, uma das quatro repúblicas marítimas da Itália.

Além disso, durante a Idade Média, Amalfi foi, também, um reconhecido polo produtor de papel. Nos arredores da cidade, o Valle dei Mulini guarda ruínas de antigos moinhos usados no processo. Ainda hoje, a tradicional fábrica Amatruda mantém sua produção artesanal, há 500 anos trabalhando à beira do Rio Canneto. Aliás, perto dali está o Museo della Carta, que se dedica a contar a história dessa atividade.

Catedral de Santo André

Catedral de Santo André (foto: shutterstock)

Outra opção de caminhada ao ar livre é pelo Valle delle Ferriere, que percorre as partes mais altas dos montes, passando por várias cachoeiras.

Dirigindo por meia hora morro acima a partir de Amalfi, chega-se à cidade de Ravello. Justamente por estar no alto das colinas, proporciona vistas incríveis entre o céu e o mar da Costa Amalfitana.

 

Que tal alugar seu carro e ainda poder pagar no boleto ou em até 12 vezes? Clique aqui e não perca essa oportunidade!

 

Aliás, um passeio pela cidade contempla seus belos jardins (como os da Villa Rufolo, com uma torre do século 14, e os da Villa Cimbrone, atual hotel de luxo) e a catedral que remonta ao século 11. Além disso, Ravello exibe um auditório projetado por Oscar Niemeyer e batizado em homenagem ao arquiteto brasileiro.

Auditório Oscar Niemeyer

Auditório Oscar Niemeyer (foto: shutterstock)

Prepare-se para a viagem

Reserve pelo menos quatro noites, montando base em Positano ou Amalfi para ir conhecendo um pouco da Costa Amalfitana por dia, ou seja, sem atropelos. Aliás, é um bom roteiro para ser feito de carro, mas não apenas: a partir de Nápoles, é possível chegar à cidade de Sorrento pela ferrovia Circumvesiana. Dali, pode-se percorrer a costa em ônibus.

Mas, para quem vai dirigir, é preciso estar atento: a estrada amalfitana é bem estreita e sinuosa, além de congestionada durante a alta temporada (julho e agosto). Sendo assim, encontrar vaga para estacionar nesse período também pode ser tarefa difícil.

Alugar um carro é imprescindível para fazer este roteiro pela Costa Amalfitana. Clique aqui e confira os preços

Veja dicas de como dirigir na Itália 

 

Villa Rufolo

Villa Rufolo (foto: shutterstock)

Outra opção é ir de uma cidade a outra com os barcos da Travelmar. Mas, vale lembrar que, de outubro a março, muitos transportes, serviços, hotéis e restaurantes não funcionam na Costa Amalfitana. Portanto, para pegar tudo a pleno vapor, com tempo bom e movimento ameno, os melhores meses são junho e setembro.

 

Leia também:

Garda, Como e Maggiore: roteiro pelos Lagos Italianos + rapidinha em Milão

Galeria: Cinque Terre, Itália, para amar em 15 fotos

O que fazer em Milão, a cidade mais sofisticada em Itália

O que fazer nas Dolomitas, Itália

Compartilhar: