fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeDestinosAmérica do SulPunta del Este: a praia mais famosa do Uruguai

Punta del Este: a praia mais famosa do Uruguai

Punta del Este: a praia mais famosa do Uruguai

Um roteiro de como chegar, o que visitar e por onde andar na Punta Del Este

Por Tarcila Ferro, Thelma Lavagnoli e Victor Gouvêa

Quer ter acesso, em primeira mão, a dicas e curiosidades sobre destinos no Brasil e ao redor do mundo?
Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou Telegram e fique por dentro de tudo!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Como chegar?

Punta fica a 130 quilômetros de Montevidéu e José Ignácio fica a 30 quilômetros de Punta.

 

Como é?

Como todo balneário, Punta ferve no verão e esvazia no inverno. O vento gelado que espanta os visitantes durante os meses de julho e agosto perde força e vai embora de vez quando o sol começa a brilhar mais forte, a partir de outubro. A península chega a receber 300 mil pessoas na alta temporada. Como o município é banhado pelo Oceano Atlântico e pelo Rio da Prata, tem água doce e salgada para todo mundo.

 

O que fazer?

Das areias da Playa Brava, na costa de Punta del Este, brotam as pontas de cinco dedos humanos gigantes. A obra de 1982 do escultor chileno Mario Irarrázabal se tornou um símbolo da cidade e faz parte de um conjunto de esculturas do artista pelo mundo. Os mais místicos dizem que é a mão de Deus emergindo do centro da Terra. Céticos remetem ao pedido derradeiro de ajuda de um afogado na praia – a real intenção do escultor.

A Brava, como o próprio nome diz, tem ondas fortes que faz a alegria dos surfistas. As famílias com crianças, em geral, preferem a praia Mansa, devido a suas águas calmas e cristalinas – porém, vale dizer, frias. Nela está o Conrad Punta del Este, hotel estrelado famoso por seu cassino aberto 24 horas. A orla em frente à Mansa bomba nos dias quentes com beach clubs com festinhas. Nem que seja só para bater perna, ali é um marco da cidade, e todo mundo vai lá para ver e ser visto.Para levar umas comprinhas para casa, a Calle 20 tem diversas butiques de grife para quem está numa viagem mais ostentação, já a Avenida Gorlero traz opções mais acessíveis, com lojas que vendem calçados, roupas, suvenires, alfajores e vinhos.

 

Farol da cidade

Farol da cidade (foto: shutterstock)

 

Outro cartão-postal é o Farol de Punta, no extremo da península. Construído em 1860, mantém sua estrutura intacta devido à argamassa feita à base de terra vulcânica, mais resistente que o concreto. Lá do alto a vista surpreende.

Um pouco mais afastada da península, a praia de La Barra coleciona visitantes famosos e para chegar a ela é preciso atravessar as ondulações da Ponte Leonel Vieira. Prepare-se para sentir um friozinho na barriga ao cruzá-la sobre o Arroio Maldonado, ligando Punta a La Barra. Projetada pelo arquiteto que lhe dá o nome, possui três elevações que a deixam ondulada. É a ponte mais divertida do mundo: arranca sorrisos de adultos acelerando um pouquinho nas subidas, e depois arrumando motivo para voltar ao outro lado. O zum-zum-zum obrigou o governo a alargá-la e criar mais pistas para dar conta do fluxo intenso de marmanjos no vaivém.

Bem pertinho dali está Montoya, outro ponto favorito dos endinheirados e aspirantes a artistas, tanto pela sua extensa faixa de areia quanto por seus quiosques e restaurantes, cenários de inúmeros comerciais. Em suas águas turbulentas, frequentemente são promovidos campeonatos de surfe. A vizinha Bikini é um hot spot mais recluso e, por-tanto, um dos lugares preferidos dos famosos que visitam Punta. Na alta temporada, DJs animam os paradores e festas exclusivas acontecem na praia. Uma boa alternativa após um passeio pela areia é ir ao Flo Café & Bar e saborear medialunas recheadas de doce de leite.

 

casapueblo

Casapueblo (foto: shutterstock)

 

Para aproveitar a bela vista que o litoral uruguaio proporciona, o pintor e escultor Carlos Vilaró construiu em 1960, na península de Punta Ballena, a famosa Casapueblo, sua residência de verão. O artista a desenhou e construiu ao longo de 30 anos. A arquitetura se assemelha às casas da costa de Santorini, na Grécia. Mas, em entrevistas, Vilaró dizia tê-la criado com base em ninhos do pássaro hornero – conhecido como joão-de-barro no Brasil. O interior lembra um labirinto e abriga um hotel com 72 acomodações. É tão simbólico que o prédio inspirou Vinicius de Moraes a compor os versos: “Era uma casa muito engraçada…” Ah, e ainda é um dos melhores lugares para ver o sol se pôr!

 

Onde se hospedar no Uruguai?

Playa Vik

Cada quarto é diferente do outro, com influências artísticas e janelas de vidro, que vão do chão ao teto – ideais para ver as ondas quebrando e o movimento dos pescadores.

 

Punta del este Resort & Casino

Famoso no balneário, o Enjoy (Conrad) é cinco estrelas, soma 294 quartos, sendo 41 suítes de luxo, spa, salão de beleza, piscinas, kids club, quadras de tênis, quatro restaurantes e bar com DJ. O hotel é famoso por seu cassino, aberto 24 horas, com mais de 500 caça-níqueis, 72 mesas de jogos e uma sala VIP de 450 m².

Leia mais:

Montevidéu: roteiro pela capital histórica

Colônia do Sacramento: charme com toque colonial

Carmelo: esticada para quem gosta de vinhos

Cabo Polonio: Uruguai versão natureza

Você já pensou em acumular milhas aéreas suficientes para fazer uma viagem internacional por ano? Aguardar seus voos em qualquer lugar do mundo dentro de uma sala VIP? Ter seguros e proteções no dia a dia a nas viagens? Se você quer ser um viajante profissional, não perca esses dois e-books que a Viajar Pelo Mundo, em parceria com o site Falando de Viagem, prepararam. Chega de pagar por aquilo que você tem direito, está na hora de você conhecer todos os benefícios do seu cartão!

Clique aqui e aproveite!