fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeDestinosAmérica do SulPrado + Cumuruxatiba: praias no sul da Bahia

Prado + Cumuruxatiba: praias no sul da Bahia

Prado + Cumuruxatiba: praias no sul da Bahia

Um roteirinho pelo extremo sul do litoral baiano revela praias desertas, falésias espetaculares e uma gastronomia genuína

Por Eduardo Vessoni

Quer ter acesso, em primeira mão, a dicas e curiosidades sobre destinos no Brasil e ao redor do mundo?
Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou Telegram e fique por dentro de tudo!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Localizada a pouco menos de uma hora de Caravelas, no sul da Bahia, a cidade de Prado, com 30 mil habitantes, é urbanizada e com a melhor infraestrutura da região da Costa das Baleias. Seu centro não tem grandes atrativos, mas vale esticar até o Beco das Garrafas para conhecer um pouco da história.

Esse calçadão da Rua Ruy Barbosa tem nome inspirado na travessa homônima carioca e abriga restaurantes que funcionam em casas coloridas do século 19, com iluminação cênica que dá ar colonial ao local. Ali, portanto, dá para provar alguns dos melhores e mais criativos pratos da região, como o Pam Pam de Lampião, que leva filé mignon com purê de mandioca e queijo coalho; e o frango empanado com abacaxi, banana-da-terra e arroz à grega, ambos do Banana da Terra, restaurante que tem no cardápio influências indígenas, portuguesas e africanas. Destaque também para a entrada com queijo coalho, mel e pimenta.

Para auxiliar em sua viagem e na rápida consulta, separamos um e-book completo deste conteúdo para você baixar em seu celular e levar em sua viagem. Preencha o campo abaixo com seu e-mail e baixe, gratuitamente, o nosso e-book!

Outro clássico do Beco, daqueles com salão lotado, é o Jubiabá, em que o carro-chefe é o badejo embrulhado em folha de rúcula, ao molho de mostarda e com acompanhamentos como arroz com coco e banana-da-terra. O budião no molho de pitanga é outra boa opção. Além disso, os dois quarteirões que formam o beco têm apresentações de música ao vivo nos finais de semana e na alta temporada.

Restaurante Banana da Terra

Restaurante Banana da Terra (foto: Eduardo Vessoni)

 

As melhores praias nos arredores de Prado e Cumuruxatiba

Nos próximos dias, Prado o espera com 84 quilômetros de praias (boa parte delas desertas, aliás). As do centro, como as urbanas Coqueiral, Novo Prado e Lagoa Pequena, por exemplo, não têm muitos atrativos (geralmente uma grande faixa de areia batida com algumas barracas) e merecem visita apenas para um rápido reconhecimento da região.

BA-001, estrada do litoral norte (foto: shutterstock)

BA-001, estrada do litoral norte (foto: Eduardo Vessoni)

Já a BA-001 é uma estrada que serpenteia o litoral norte por caminhos de terra, ao longo de 32 quilômetros até o distrito de Cumuruxatiba. Seja de carro ou de bicicleta, o roteiro possibilita ao visitante fazer paradas em praias isoladas com nomes sugestivos como Paixão e Segredo.

A melhor forma de se deslocar de uma praia a outra é alugar um carro. Clique aqui e veja as ofertas que separamos para você!

O cenário é quase sempre o mesmo e, ainda assim, a gente não se cansa de ver a sequência de praias com acessos escondidos, extensas faixas de areia com falésias de até 40 metros e até um córrego que despenca do alto de uma delas, na Praia do Tororão. Por fim, o roteiro também pode ser feito a pé, de acordo com a maré.

Fica a dica: as empresas parceiras do nosso site (Booking, RentCars, Seguros Promo, Get Your Guide, entre outras), acessadas através de links em nossos textos, oferecem um ambiente seguro e sigiloso para suas compras. Saiba mais

Praia do Tororão

Praia do Tororão (foto: Eduardo Vessoni)

 

Barra do Cahy

Uma das paradas no litoral norte de Prado é a Barra do Cahy. A única construção por ali é o restaurante de praia Glória, em uma fazenda de frente para o mar, onde são servidas generosas morangas com lagosta, camarão ou peixes.

Por mar, o visual continua o mesmo das descrições apaixonadas de navegadores estrangeiros que acabavam de achar o Brasil selvagem lá no século 16. Aliás, sabe aquela história de que o Brasil português começou em Porto Seguro? Nesse roteiro, a gente descobre que não foi bem assim. A Barra é considerada a primeira praia do Brasil, onde os portugueses teriam pisado em 1500.

É possível fazer passeios de barco nos corredores estreitos do Rio Caí, passando pelo mangue e por pequenas florestas. Do mar, ainda dá para ver o histórico Monte Pascoal, o primeiro pedaço de terra visto pelos navegadores portugueses e descrito na detalhada carta de Pero Vaz de Caminha.

Além disso, na maré baixa, não é raro ver banhistas que seguem a pé de Cumuruxatiba, a 12 quilômetros dali. Eles retornam no final da tarde com o apoio de agências locais (o transfer da Magical Tours custa em média R$ 120 para quatro pessoas).

 

De Prado a Cumuruxatiba

Cumuru, como também é conhecido, é considerado um dos últimos litorais intactos da Bahia, um distrito que parou entre o rústico da vizinha Caraíva, já no município de Porto Seguro, e a urbanidade de Prado. Esse povoado de apenas 5 mil habitantes tem ruas de areia e ar de litoral baiano, e parece que ainda não foi descoberto.

O turismo por ali, que acontece na curta temporada entre dezembro e janeiro, segue no mesmo ritmo da maré preguiçosa que faz o mar recuar e revelar recifes de corais submersos. Cumuru é a versão familiar do extremo sul da Bahia, com praias de águas calmas e rasas. Tão próximo a destinos baianos de fama nacional, a região ainda conta com a sorte de não ter acesso asfaltado como nos vizinhos famosos.

BA-001, estrada do litoral norte

Praia do Moreira (foto: Eduardo Vessoni)

 

Atividades na natureza

Fazer nada por ali já é uma atração turística, mas se quiser incrementar a agenda, pode incluir observação de baleias, visitar as piscinas naturais na Praia do Moreira, caminhar na Praia do Rio do Peixe Grande e fazer passeios de barco até Corumbau, com travessia de canoa pelo Rio Corumbau.

Tudo tão rústico, mas com o pé (bem) fincado na cozinha. A 13 de Maio, a avenida principal de Cumuru, dá acesso a alguns dos melhores endereços gastronômicos do destino, como o obrigatório Binotto’s. O restaurante está sob os cuidados do gaúcho Santo, que sempre tem uma história de aventura para contar da época em que a região ainda era uma ilustre desconhecida do turismo nacional. No cardápio artesanal, opções certeiras são as morangas com camarão ou lagosta, petiscos com casquinha de siri e farofa de dendê e o polvo ao alho com pão caseiro.

Vizinho, o Restaurante do Hermes também recebe clientes no quintal com vista para o mar. Ele serve um cardápio enxuto com moqueca de siri e arroz de polvo cozido em molho de azeite. Como diria Dorival Caymmi, o mar quando quebra na praia é bonito. E no extremo sul da Bahia, ele parece quebrar ainda mais bonito: sem pressa e quase sem ninguém.

Moranga do Restaurante Glória (foto: shutterstock)

Moranga do Restaurante Glória (foto: Eduardo Vessoni)

 

 

Onde se hospedar em Cumuruxatiba e Prado?

Cumuruxatiba

Areia Preta

Na praia central de Cumuru, tem projeto arquitetônico que se
integra com o ambiente, jardim que se estende até a praia, espreguiçadeiras e deques.

Prado

Pousada Guaratiba

Na praia do Novo Prado e a 800 metros do centro, tem apartamentos com varanda e rede, biblioteca, brinquedoteca, jardim com redário e espaço para luaus.

Clique aqui e veja mais 10 opções de hospedagem em Prado e Cumuruxatiba

 

Gostou das dicas e quer ver opções de resorts na Bahia e no resto do Brasil? Então clique aqui e compre, por apenas R$ 15,90, nosso Guia de Resorts, que traz mais de 20 opções de hospedagem no país, com fotos e informações detalhadas sobre cada uma delas. Clique aqui, compre o seu e boa leitura!

 

 

Para auxiliar em sua viagem e na rápida consulta, separamos um e-book completo deste conteúdo para você baixar em seu celular e levar em sua viagem. Preencha o campo abaixo com seu e-mail e baixe, gratuitamente, o nosso e-book!

 

 

Leia também:

O que fazer na Península de Maraú, no sul da Bahia

Santa Cruz Cabrália: a Bahia que encantou os alemães

Abrolhos: como visitar o paraíso do mergulho na Bahia

 

Você já pensou em acumular milhas aéreas suficientes para fazer uma viagem internacional por ano? Aguardar seus voos em qualquer lugar do mundo dentro de uma sala VIP? Ter seguros e proteções no dia a dia a nas viagens? Se você quer ser um viajante profissional, não perca esses dois e-books que a Viajar Pelo Mundo, em parceria com o site Falando de Viagem, prepararam. Chega de pagar por aquilo que você tem direito, está na hora de você conhecer todos os benefícios do seu cartão!

Clique aqui e aproveite!