fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeDestinosAmérica do NorteNova York: o que fazer pelos principais bairros

Nova York: o que fazer pelos principais bairros

Nova York: o que fazer pelos principais bairros

Um roteiro completo pelos principais bairros de Nova York! Saiba o que visitar e onde dormir, comer e beber

Por Thelma Lavagnoli e Cristiane Sinatura

Você sabia que a Viajar tem grupos gratuitos no WhatsApp e Telegram com dicas, serviços e muitas promoções de destinos no Brasil e no Mundo?
Faça parte desse grupo e comece a planejar a sua próxima viagem!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Manhattan é feita de muitos, muitos bairros – cada um com personalidade e atrações próprias. Como nosso trabalho é facilitar a sua vida, escolhemos as principais regiões para detalhar bonitinho o que fazer e onde comer. Elas concentram os principais cartões postais da cidade e cada uma pode ocupar de um a dois dias no seu roteiro. Ademais, pincelamos também outros distritos (vulgo boroughs) além de Manhattan e garimpamos dicas diferentonas com personalidades que manjam tudo de Nova York – para comer, comprar e passear. Entre os principais bairros da cidade, selecionamos nomes como Chelsea, Financial District, Midtown e Upper East Side.


Prepare sua viagem

Nova York é fácil de explorar, bem sinalizada e com infinitas opções de atrações. Se for sua primeira vez por aqui, reserve ao menos uma semana para conhecê-la de forma completa – se tiver mais dias, melhor! Porém, se a ideia for visitar os clássicos, considere pegar um CityPass, um passe de turismo que dá direito a entrada com desconto em seis importantes atrações da metrópole, como o Empire State e o Metropolitan, ao custo de US$ 136.

Para se locomover, táxis ou aplicativos de carro, como Uber e Lyft, funcionam bem, mas seu melhor companheiro de viagem será o metrô. A malha metroviária cobre impressionantemente bem toda a ilha e boroughs vizinhos, por isso, vale a pena investir no Metrocard, passe que dá direito a viagens ilimitadas no transporte público por uma semana (US$ 33). Na hora de se hospedar, mais do que os bairros, verifique se sua acomodação está próxima a estações de metrôs. Nos restaurantes, a gorjeta é assunto levado extremamente a sério (20% do valor da conta). Então, dispense a tip apenas se o serviço não tiver sido satisfatório – ou, se bobear, os garçons te caçam na calçada para entender o porquê do não pagamento.

 

Antes de visitar NY, é bom saber…

Precisa de visto? É necessário. Veja aqui.

Quando ir? De dezembro a fevereiro, os termômetros podem atingir números negativos, com chance de neve, mas a cidade ganha vida com decoração e eventos de fim de ano. Já de abril a junho, o clima é ameno, assim como setembro e outubro.

Caminho Certo: Direto para o aeroporto JFK voa a American Airlines. Para o de Newark (EWR), voam Delta, Azul e United. Com conexão, voam Avianca, Latam, Copa, Aeromexico e Air Canada.

 

Que tal saber tudo sobre o seu próximo destino de férias e ainda planejar a sua viagem fugindo das roubadas? Então, conheça o app da Viajar Pelo Mundo. É conteúdo sério, produzido por especialistas, por um valor mais barato que um café em Paris. Clique aqui e aproveite!

 

Leia também:

O que fazer no Chelsea

Conheça os melhores pontos da Financial District

Os passeios mais bacanas em Midtown

Tudo em Upper East Side

Atrações fora da Ilha de Manhattan

Que tal transformar o seu cartão de crédito em uma verdadeira fábrica de milhas?
Se você gasta pelo menos R$ 3.000,00 por mês no cartão de crédito e não consegue emitir um bilhete por ano para os EUA com as suas milhas acumuladas, acredite, você não sabe usar o cartão de crédito a seu favor.
Quero te convidar a se tornar especialista no assunto. Aprenda a viajar de graça, entrar em salas vips ao redor do mundo sem pagar nada e fabricar milhas com o nosso time de especialistas. Chegou a hora de você virar o jogo e parar de dar dinheiro aos bancos.

Saiba como viajar de graça e sem enrolação!