HomeDestinosAmérica CentralUm giro por Cuba: de Havana às praias de cinema de Varadero

Um giro por Cuba: de Havana às praias de cinema de Varadero

Um giro por Cuba: de Havana às praias de cinema de Varadero

Explorar o país de carro é uma boa ideia para conhecer a fundo o litoral cubano

Por Redação

O turista que deseja conhecer Cuba deve se permitir ir além do tradicional e explorar, além de Havana, outros pontos turísticos como Varadero, Villa Clara e Santa Clara, repletos de praias com águas cristalinas e riqueza histórica.

Confira a seguir como aproveitar bem o destino e o que fazer em cada um desses lugares.

Havana 

Havana (foto: shutterstock)

Ao pisar em Havana, a capital cubana e maior cidade caribenhao viajante logo vai perceber que é um lugar de contrastes. Muitos edifícios antigos esperam por revitalização, enquanto outros foram repaginados para abrigar hotéis modernos e restaurantesCaminhar pelas ruas e vielas é o melhor jeito de conhecer Havana, que merece pelo menos três dias de estadia. Um dos principais pontos de visitação é a Plaza de la Revolución, palco dos intermináveis discursos de Fidel Castro e rodeada por edificações como o Ministério del Interior, que chama a atenção pela gigantesca escultura do rosto do revolucionário Che Guevara 

Outro ponto que não pode ficar de fora de uma visita a Havana é o Capitólio. Semelhante ao que fica em Washington, nos Estados Unidos, espaço foi sede do governo de Cuba e hoje funciona como Biblioteca Nacional e Academia Cubana de Ciências. Atrás, na Calle Indústria, está o edifício da Real Fábrica de Tabacos Partagás, a maior fábrica de charutos cubana, fundada em 1845. 

O Capitólio está no Passeo del Prado, uma avenida linda com muitas lojas e bares. Vá caminhando por ela até chegar ao Museu da Revolução, lugar ideal para saber tudo sobre a Revolta Cubana de 1959, quando Fidel Castro assumiu o poder da ilha. Inclua no programa a Calle Obispo para aproveitar o final de tarde no famoso bar El Floriditaexperimentando seus desejados daiquirisSe quiser pular para outro bar concorrido, mas dessa vez para tomar mojitos, siga até La Bodeguita del Medio. Termine o dia caminhando pelo Malecón, o delicioso calçadão à beira-mar   

Varadero 

Varadero (foto: shutterstock)

Fica apenas duas horas de Havana e faz uma dupla boa com a capital por ser um destino de praia de água extremamente clara e muito sossego. São 20 quilômetros de enseada. A ideia ali é escolher um resort pé na areia e ficar tomando banhos de sol e de mar como se não houvesse amanhã. 

 

Villa Clara 

Villa Clara (foto: shutterstock)

Distante seis horas de carro de Havana, a província de Villa Clara é um dos pedaços mais desejados do litoral cubano, com destinos como oCayo Santa Maria, Cayo las Brujas e Cayos Ensenachos. O viajante também pode ir direto do Brasil com a Copa Airlines, que voa de São Paulo até Santa Clara, capital da província, com rápida conexão no PanamáA vida nas ilhotas gira ao redor de seus resorts estrelados e all-inclusive. O Cayo Santa Maria tem nove praias espalhadas por 13 quilômetros. Os passeios de barco são uma boa para conhecer além dos hotéis. Os mais procurados são as excursões de catamarã, com paradas para snorkeling, e no Delfinário, um parque marinho com golfinhosOs visitantes podem entrar nos tanques e acariciar os animais.  

 

Santa Clara 

Santa Clara (foto: shutterstock)

Saindo do circuito de praiaa cidade de Santa Clara, a cem quilômetros do Cayo Santa Mariarevela mais da história cubana e de seu herói emprestado Che Guevara. Ali é o endereço da Praça da Revolução, que ostenta uma estátua de Che, além do Mausoléu (onde estão seus restos mortais) e um museu dedicado ao guerrilheiro. No acervo, os visitantes podem ver seu boletim escolar, livros preferidos, instrumentos usados durante o curso de medicina, o jaleco de médico, roupas da expedição de moto que fez pela América Latina, entre outros objetos. A cidade é peça-chave na Revolução Cubana, pois foi ali que aconteceu o famoso episódio do Trem Blindado, quando um comboio de 28 vagões com armamentos foi interceptado por Che. Eles ficaram com as armas e tomaram Havana em 1959 – começavam ali a Revolução Cubana e um novo capítulo da história da ilha. 

Pedro manter o rodapé da mesma maneira da edição de Itália, mudando o nomes das cidades para Havana e  Santa Clara. 

Leia também:

Cuba mode on: roteiro no Cayo Santa Maria e Santa Clara

 


Consulte Copa.com ou seu agente de viagem para tarifas promocionais para Havana, Holguín e Santa Clara. 

Compartilhar: