fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeDestinosAs belezas de Granada, na Espanha

As belezas de Granada, na Espanha

As belezas de Granada, na Espanha

Assim como Sevilha, Granada é a capital das tapas. A cidade ainda tem as mais belas atrações, como o complexo de prédios e jardins de Alhambra e o bairro árabe de Albaicín

Você sabia que a Viajar tem grupos gratuitos no WhatsApp e Telegram com dicas, serviços e muitas promoções de destinos no Brasil e no Mundo?
Faça parte desse grupo e comece a planejar a sua próxima viagem!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

De Sevilha a Granada são pouco mais de três horas de viagem (de trem ou ônibus) e cerca de duas horas e meia de carro. Dá para fazer bate-volta, mas é tão puxado (muita estrada!) e a cidade é tão bonita e cheia de atrações que não vale a pena. Só a sensacional Alhambra já leva meio dia de visita e é preciso tempo para explorar como se deve o adorável bairro árabe de Albaicín. Então, o ideal é pernoitar pelo menos uma noite por lá para fazer tudo com calma e sem estresse com estradas e horários.

A Alhambra e o Albaicín foram declarados Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, mas a cidade é linda em muitas outras partes. É bem fácil de explorar, mas prepare as pernas para caminhar bastante. Isso porque parte das atrações de Granada estão instaladas sobre colinas.

Por dentro de Alhambra

Minha visita começou pela Alhambra, uma das atrações mais espetaculares de toda a Europa. Tão concorrida que comprar o tíquete antes é absolutamente mandatório. Dá para adquirir on-line, mas quanto maior a antecedência, melhor. Afinal, chegar à Alhambra sem ingresso é correr sério risco de não conseguir entrar. Separe tempo para visitar a atração. Claro que depende do interesse de cada um, mas eu passei, literalmente, a manhã inteirinha me encantando com esse complexo de palácios, fortalezas e incríveis jardins. As construções, tão peculiares, foram erguidas ao longo de vários séculos, tanto pelos árabes quanto por reis cristãos, o que explica tal peculiaridade.

O complexo ganhou esse nome pelos muros avermelhados que o rodeia (Al-Hamra, do árabe), encarapitado no alto da colina de Al-Sabika. Do centro de Granada, é possível subir a pé, mas a caminhada é puxada. Por isso, melhor vir em ônibus C3 ou táxi e guardar as energias para caminhar dentro do complexo. A estrutura para a visita é ótima e há até uma boa lanchonete e um bom restaurante para quem já quiser ficar para almoçar.

Alhambra: principal ponto turístico de Granada

Jardim de Alhambra (foto: shutterstock)

De Albacín a Alcaicería

Da Alhambra, segui ao Albaicín, o encantador bairro árabe de Granada, que fica na colina oposta à Alhambra. Também chamado de Albayzín, tem ruelas estreitas e adoráveis casinhas brancas que geralmente contam com belos jardins e pátios internos. É um passeio para uma tarde fresca. Aproveitei para parar numa casa de chá, tomar uma xícara com docinhos árabes e olhar as lojinhas da Calle de las Teterías. Aliás, um dos mirantes mais incríveis da cidade fica justamente ali: o Mirador de San Nicolás. A vista para a Alhambra é absolutamente imperdível, seja dia ou noite (iluminada, ela consegue ser ainda mais espetacular!) – prepare o queixo porque vai cair!

Mas como já adiantei alguns parágrafos acima, a beleza de Granada vai muito além de suas duas incríveis atrações principais. De volta ao centro, parei para visitar a Catedral de Granada, uma das mais importantes no Renascimento espanhol. Logo ao lado, outro endereço que também vale a visita para quem tem tempo: a bela Capilla Real, que guarda os túmulos dos Reis Católicos.

Em seguida, rumei a Alcaicería, o antigo mercado árabe de seda que fica pertinho da catedral. Ainda que a seda de verdade não seja mais o principal negócio por ali, trata-se de um ótimo local para comprar artesanato e belos suvenires. Mas olho vivo para não cair no golpe dos inúmeros produtos made in China!

Bairro em Granada, Espanha

Albaicín (foto: shutterstock)

Capital das tapas

Comer em Granada poderia ser considerado uma atração turística. Para os fãs de comida árabe, vale separar pelo menos uma das refeições para degustar as delícias dessa cozinha. Com tanta tradição moura na cidade, Granada tem mesmo excelentes restaurantes especializados, incluindo cozinha norte-africana, como por exemplo os enfileirados na Calle Elvira, que costumam servir apetitosos menus fixos por preços bem econômicos.

Além disso, vale saber que Granada é considerada também uma das capitais espanholas das tapas. Por lá, simplesmente toda bebida que a gente compra vem acompanhada de um delicioso tira-gosto, muitas vezes em porções para lá de generosas. Mesmo os bares menorezinhos e mais escondidinhos guardam delícias tentadoras: pequenas porções sempre muito cheias de sabor. Com uma taça de um belo tinto espanhol em minhas mãos, tirei o maior proveito dessa tradição durante toda minha estadia por lá.

Hospedar

Marquis Urban Granada: Hotel-design entre o centro e Alhambra. Plaza de Fortuny, 6. Para conferir fotos e diárias, clique aqui!

Gar Anat Hotel Boutique: Ocupando um palácio do século 17 no centro da cidade, tem apenas 15 quartos charmosos, cada um com uma decoração exclusiva. Placeta de los Peregrinos, 1. Para conferir fotos e diárias, clique aqui!

Comer

Bar Poe: Ambiente descontraído com tapas deliciosas. Calle Verónica de la Magdalena, 40, barpoe.com.

Damasqueros: Gastronomia refinada, com ótimo menu degustação da chef Lola Marín. Calle Damasqueros, 3, damasqueros.com.

 

Conteúdo exclusivo, produzido por especialistas e que viajam o mundo. Baixe nosso app. É conteúdo sério por um preço incrível. Clique e saiba mais!

 

Leia também:

Escapadas na Espanha: Toledo, Ávila e Segóvia

Salamanca: cidade verde e moderna na Espanha

Tradição e gastronomia em Sevilha, Espanha

O que fazer de graça em Madri

Que tal transformar o seu cartão de crédito em uma verdadeira fábrica de milhas?
Se você gasta pelo menos R$ 3.000,00 por mês no cartão de crédito e não consegue emitir um bilhete por ano para os EUA com as suas milhas acumuladas, acredite, você não sabe usar o cartão de crédito a seu favor.
Quero te convidar a se tornar especialista no assunto. Aprenda a viajar de graça, entrar em salas vips ao redor do mundo sem pagar nada e fabricar milhas com o nosso time de especialistas. Chegou a hora de você virar o jogo e parar de dar dinheiro aos bancos.

Saiba como viajar de graça e sem enrolação!