fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeServiçosViajar com cachorro: o que é essencial saber?

Viajar com cachorro: o que é essencial saber?

Viajar com cachorro: o que é essencial saber?

Viagem com o amigo de quatro patas é uma vontade de muitos donos, saiba como viajar com cachorro de forma segura

Por João Brunhara

Você sabia que a Viajar tem grupos gratuitos no WhatsApp e Telegram com dicas, serviços e muitas promoções de destinos no Brasil e no Mundo?
Faça parte desse grupo e comece a planejar a sua próxima viagem!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Para quem tem cachorro e não pode deixá-lo com alguém antes de viajar ou quer levar o amigo de quatro patas junto, uma das maiores dúvidas é como planejar a viagem incluindo o animal. Dessa forma, é possível viajar com cachorro? Sim! Mas é necessário se atentar a diversas informações. Afinal, o cuidado vem desde o destino escolhido até a forma de transporte até o local.

Separamos as informações essenciais para quem pretende realizar esse tipo de viagem e como fazê-la. Só conferir abaixo!

 

Cachorro com óculos em cima de boia

Mais que levar o cão, é importante que ele também se divirta (Foto: Shutterstock)

O destino aceita cachorros?

Essa é a primeira pergunta que se deve fazer. Afinal, quando se diz “destino”, é desde o local de hospedagem até o que se pretende fazer lá. Ainda mais que nem todo lugar permite a entrada de animais, mesmo de pequeno porte. Assim, isso gera a possibilidade do cãozinho ter que ficar sozinho no quarto de hotel ou lugar onde o dono está hospedado.

Ao mesmo tempo, caso essa não seja uma alternativa, talvez seja necessário deixar o animal em um hotel ou creche para cachorros. Bem como, até mesmo, replanejar toda a viagem. Dessa forma, confira essa etapa e estabeleça uma programação que torne possível incluir o amigo de quatro patas nas atividades. Agora, vamos para as questões da viagem em si.

 

Cachorro dentro de caixa de transporte

Proteção e conforto é essencial (Foto: Shutterstock)

Quais itens são necessários para viajar com cachorro?

Independente do meio de transporte, alguns itens são essenciais para garantir o conforto e segurança do bichinho. Definitivamente, caixa de transporte, comedouro, bebedouro, coleira e plaquinha de identificação são indispensáveis!

Antes de mais nada, a caixa de transporte é obrigatória em viagens de ônibus e avião. No caso de carros, existem alternativas, principalmente para cachorros de porte grande (mais de 10kg). Essas são: cinto de segurança e cadeirinha para esses animais. É importante lembrar que, no caso da caixa de transporte, o tamanho precisa possibilitar que o animal fique em pé e dê uma volta sobre o próprio corpo. Afinal, nada de aperto!

 

Cachorro em porta-malas de carro

É importante se atentar a legislação para evitar multas (Foto: Shutterstock)

Como viajar de carro com cachorro?

À primeira vista, para o transporte em si, é necessário um dos itens já citados. Esses são: caixa de transporte, cinto de segurança ou cadeirinha para cachorro.

Igualmente, se o animal nunca andou de carro ou não tem o costume de andar em automóveis, o ideal é acostumá-lo antes da viagem. Dessa forma, evita-se o estresse para o bichinho e para os outros ocupantes do veículo. Brinquedos e paninhos podem ajudar a acalmá-lo.

Paradas são essenciais! Pesquise antes locais que aceitem cachorros para que ele possa beber água, se alimentar e fazer as necessidades fisiológicas. Não se esqueça de levar saquinhos para recolher as fezes.

Existem leis que regulamentam o transporte de pets. É proibido que o animal fique junto do motorista do veículo, solto no carro ou na parte externa do automóvel.

 

Caixa de transporte de cachorro e gato

Atente-se às regras (Foto: Shutterstock)

Como viajar de ônibus com cachorro?

Apenas cachorros de até 10kg são autorizados a viajar de ônibus e a caixa de transporte é obrigatória. Igualmente, é necessário um atestado de saúde. Deve ser emitido por um médico veterinário associado ao CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária). Esse documento precisa comprovar as boas condições físicas do animal.

A carteira de vacinação também é obrigatória e precisa estar completa e atualizada (antirrábica e polivalente). A empresa de ônibus pode cobrar algum tipo de taxa para o transporte. Bem como o animal só poderá viajar em um assento se o dono comprar uma passagem adicional.

É importantíssimo comunicar a companhia antes da viagem. Apenas dois animais podem ser transportados em um mesmo veículo. Aproveite para conferir o regulamento, que pode variar de empresa para empresa.

 

Cachorro em aeroporto com óculos e passagem na boca

A viagem aérea é, sem dúvidas, a mais burocrática (Foto: Shutterstock)

Como viajar de avião com cachorro?

Existem instruções gerais para viajar de avião com cachorro, mas é necessário verificar diretamente com a companhia aérea. Afinal, o regulamento completo varia de empresa para empresa nesse ramo. Também é necessário comunicar a instituição antes de comprar a passagem para evitar problemas.

Em comparação a viajar de ônibus, a burocracia e exigências aumentam no transporte aéreo. É necessário o atestado de saúde e da carteira de vacinação atualizada.  Igualmente, é preciso que o animal tenha mais de quatro meses de idade.

A caixa de transporte é obrigatória e pode ser rígida ou flexível. Igualmente, deve ter como dimensões 20 cm de altura, 31,5 cm de largura e 43 cm de comprimento. Como dito acima, o regulamento varia de empresa para empresa desde o peso do animal até a caixa de transporte. Bem como o valor por trecho e até mesmo quais aeronaves autorizam passageiros não-humanos.

No caso de viagens internacionais, a lista de exigências é ainda maior. É necessário se atentar à caixa de transporte e carteira de vacinação do cachorro. Assim como atestado de saúde, laudo sanitário e as burocracias relacionadas ao valor da passagem. Igualmente, é preciso apresentar o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI), o Certificado Veterinário Internacional (CVI). Alguns destinos exigem um microchip implantado sob a pele do animal. Bem como algumas companhias aéreas pedem que o cachorro vá sedado.

 

Mapa do Brasil com avião e passaporte em cima

A legislação nacional é diferente da internacional (Foto: Shutterstock)

Como funciona nas principais companhias aéreas brasileiras?

LATAM

A LATAM possibilita viajar com cachorro de três formas. Essas são: transporte na cabine, na parte porão da aeronave ou por meio do serviço LATAM Cargo. Para levar o animal na cabine, o peso do pet somado ao da caixa de transporte obrigatória não pode ultrapassar 7kg. Bem como o cão deve permanecer dentro da caixa durante todo o trajeto.

No caso do transporte no porão da aeronave, é diferente. O peso do cachorro + caixa de transporte não pode ser maior que 45kg. Se ultrapassar, só será possível transportar o animal por meio do serviço LATAM Cargo.

Confira valores e todas as informações clicando aqui.

 

GOL

A GOL também oferece três modalidades de transporte.  Na cabine, no compartimento de carga e por meio do serviço GOLLOG Animais. Para que o animal seja transportado na cabine, o peso do cachorro + caixa de transporte não pode ultrapassar 10kg. Igualmente, o cão deve permanecer dentro da caixa durante todo o trajeto.

No compartimento de carga, podem ser transportados animais + caixa de transporte com peso de até 30kg. Caso o peso ultrapasse esse valor, o transporte só é possível por meio do serviço GOLLOG Animais.

Confira valores e todas as informações clicando aqui.

 

Azul

A Azul só permite o transporte de cachorros na cabine. O peso do animal + caixa de transporte não pode ultrapassar 7kg. Bem como o cão deve permanecer dentro da caixa durante todo o trajeto. Caso o peso do pet + caixa de transporte seja maior que 7kg, não será possível viajar com a companhia aérea.

Confira valores e todas as informações clicando aqui.

 

Viajar com cachorro não é uma tarefa simples, dependendo da modalidade escolhida. Mas se seguir todas as regras e tomar todos os cuidados, é possível! Agora que você já sabe as informações essenciais, é só escolher o destino e levar seu amigo de quatro patas.

 

Fuja das roubadas em sua viagem. Nosso time de especialistas viaja o mundo em busca de dicas e do que existe de melhor em cada destino. Já escolheu ou está em dúvida para onde viajar? Então nós te ajudamos, clique aqui.

 

Leia também:

Cinco dicas de aplicativos indispensáveis para viagem

Como acessar a Sala VIP dos aeroportos

 

Que tal transformar o seu cartão de crédito em uma verdadeira fábrica de milhas?
Se você gasta pelo menos R$ 3.000,00 por mês no cartão de crédito e não consegue emitir um bilhete por ano para os EUA com as suas milhas acumuladas, acredite, você não sabe usar o cartão de crédito a seu favor.
Quero te convidar a se tornar especialista no assunto. Aprenda a viajar de graça, entrar em salas vips ao redor do mundo sem pagar nada e fabricar milhas com o nosso time de especialistas. Chegou a hora de você virar o jogo e parar de dar dinheiro aos bancos.

Saiba como viajar de graça e sem enrolação!