HomeGiro pelo MundoDicas5 motivos para visitar Bragança Paulista

5 motivos para visitar Bragança Paulista

5 motivos para visitar Bragança Paulista

A 90 km de São Paulo (SP), a cidade reúne atrações para quem busca descanso, atividades ao ar livre e aventura

Por Marcos Martins

Pensando em escapar da rotina de São PauloBragança Paulista, a quase duas horas da capital paulista, rende um bate-volta divertido para quem curte atividades ao ar livre. A seguir, revelamos cinco motivos que fazem a cidade interessante para passar, pelo menos, um final de semana em família ou com amigos. 

 

Hotel Fazenda Coronel Jacinto

A 15 km da área urbana de Bragança, o Hotel Fazenda Coronel Jacinto oferece clima bastante familiar a hóspedes e visitantes. Seus maiores atrativos são as trilhas em meio a natureza, passeios a cavalo, saídas para pesca e passeios de barco. Além disso a piscina é abastecida com água mineral do lago norte da fazenda e recebe baixa quantidade de cloro, com espreguiçadeiras ao redor.

 

Hotel Fazenda Coronel Jacinto (Foto: Marcos Martins)

Hotel Fazenda Coronel Jacinto (Foto: Marcos Martins)

A propriedade conta com 18 acomodações nas categorias casal, duplo, triplo e quádruplo, com área de estar e varanda, e a suíte de nupcial que tem jacuzzi do lado de fora. Há, ainda, Wi-Fi nas áreas públicas e estacionamento grátis, além disso, é permitida a entrada de animais de estimação.  A diária custa a partir de R$ 230 para casal, com café da manhã. O restaurante funciona em sistema de bufê em todas as refeições (café da manhã, almoço e jantar), servindo também doses da cachaça produzida na fazenda e cervejas artesanais.

Já o day use está disponível em diferentes modalidades. O pacote que inclui pesca esportiva, acesso às trilhas off road (feitas em quadriciclo, utv, moto e carro) e uma refeição custa R$ 100. Já o passeio a cavalo custa a partir de R$ 60. Mais informações em: fazendacoroneljacinto.com.br.

Marina Confiança

Vale a pena separar uma tarde inteira para um passeio na Marina Confiança, que fica a 28 minutos de carro, saindo do centro de Bragança Paulista. A estrutura conta com três piscinas (sendo duas aquecidas), academia, sauna, quadra de tênis, brinquedoteca, sala de jogos e um restaurante self-service.

Marina Confiança (Foto: Marcos Martins)

Marina Confiança (Foto: Marcos Martins)

A marina fica ao lado da Represa Jaguarí-Jacareí e a dica é fazer um passeio de lancha nas redondezas. Na lancha Marajó 19, o pacote para 5 pessoas custa a partir de R$ 390. Para grupos maiores, tem a opção do barco Chalana, cujo pacote para 10 pessoas custa R$ 600.

O local possui 73 chalés para aluguel mensal, 16 apartamentos para finais de semana e temporada, além de 4 garagens que acomodam até 280 embarcações. Para ficar de sexta a domingo, as tarifas custam a partir de R$ 230 por pessoa, com café da manhã. Mais informações: marinaconfianca.com.br.

 

Esportes radicais

 

Escalada em Bragança (Foto: André Prata)

Escalada em Bragança (Foto: André Prata)

A região de Bragança Paulista oferece várias opções para quem curte aventura. A prática mais popular é o montanhismo, realizado nas rochas do Conjunto Visual das Águas (Fazenda Serrinha), Pedra Bela e Maria Antônia.

Quem é iniciante pode realizar um curso de 4 aulas teóricas-práticas, que explicam o uso dos equipamentos e técnicas de segurança. As aulas devem ser previamente agendadas e duram, em média, seis horas por dia.  O curso individual custa R$ 800, mas no caso de duplas a tarifa diminui para R$ 600, por pessoa. Estão inclusos equipamentos (cordas, cadeirinhas, mosquetões, sapatilhas de escalada, fitas de segurança, freios de descida, capacetes…) e apostila ilustrada sobre os trajetos. montanhista.com.br.

Contudo, não é obrigatório realizar o curso para fazer as escaladas se você já tiver familiaridade com a atividade e os equipamentos necessários para se aventurar pela região. A Montanha Leite Sol, por exemplo, faz parte da Serra da Mantiqueira e 1.125 metros de altitude, com vista privilegiada da cidade. O local é considerado patrimônio ecológico e perfeito para as caminhadas e escaladas.

Além disso, o Bragança Paulista também tem trechos propícios para quem curte trekking e mountain bike. Outra opção é descer na mega tirolesa da Pedra Bela, que possui 1900 metros de extensão e alcança até 107 km por hora. O passeio dura 1 minuto e 30 segundos, e custa R$ 40 por pessoa com transporte para a pedra e seguro inclusos.O peso mínimo para participar é de 40 kg e máximo de 150 kg. A tirolesa funciona aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h. Mais informações em: bit.ly/megatirolesa-sp.

 

Lago do Taboão

 

Lago do Taboão (Foto: Sérgio Luiz Jorge)

Lago do Taboão (Foto: Sérgio Luiz Jorge)

Construído em 1960, o lago é um cartão-postal da cidade. Os moradores e visitantes aproveitam o clima agradável para fazer caminhadas e passear de bicicleta. A área possui também quadra de basquete, playground infantil, bares e restaurantes.

O nome “Taboão” surgiu porque o local era repleto de pés de taboa, uma espécie de planta que alcança dois metros e meio de altura com espigas que viram buchas de banho.

Gastronomia

 

Conhecida como a “capital nacional da linguiça”, a cidade possui boa oferta gastronômica e anualmente organiza eventos – como a Festa da Linguiça – junto a restaurantes, bares e lanchonetes para promover a culinária a base do produto. Há linguiça de todo tipo: sem gordura, com pimenta, alho ou ervas. Elas servem de ingrediente para hambúrgueres, sanduíches, tapiocas, escondidinhos e até para itens da culinária oriental, como temakis e yakissobas.

Os locais mais famosos para se fazer um lanche são as linguiçarias Colonial de Bragança, Linguiça do Rosário, Bar do Tinho e Happy Sushi. Com tempo, conheça também o restaurante de massas Cà de Mezz Amics, onde acontece a degustação da Busca Vida, uma cachaça misturada com mel de abelha e limão, totalizando 17,5% de álcool.

 

Leia também:

Visite um templo japonês no interior de SP

Cunha (SP): escapada perfeita para um final de semana

 

Compartilhar: