HomeGiro pelo MundoBeto Carrero World: o que saber antes de ir

Beto Carrero World: o que saber antes de ir

Beto Carrero World: o que saber antes de ir

Conheça as atrações do Beto Carrero World e veja dicas para planejar a sua ida e ter a melhor experiência

Por Tarcila Ferro

Fire Whip

O maior parque de diversões da América do Sul, o Beto Carrero World, situado na cidade litorânea de Penha, em Santa Catarina, mescla entre brinquedos clássicos e atrações regadas a alta tecnologia.

Para você aproveitar melhor a experiência, preparamos algumas dicas que certamente vão te ajudar na organização da sua viagem para lá. Confira abaixo:

Beto Carrero World

Vista aérea do Beto Carrero World (foto: divulgação)

 

O que você precisa saber antes de ir ao Beto Carrero World

 

Ingressos e funcionamento do parque

Pessoas entre 10 e 59 anos costumam pagar R$ 135, passaporte para um dia. Menores que essa faixa etária pagam cerca de R$ 120, e maiores, R$ 80. Aliás, estudantes com carteirinha pagam meia entrada e aniversariantes do dia entram de graça.

Em períodos de alta temporada (meses de férias e feriados), o parque abre todos os dias da semana. Fora essa época, ele funciona de quinta a domingo. Antes de tudo, não deixe para comprar o ingresso no dia, adquira pelo site do parque com antecedência.

Beto Carrero World

Barco Viking do Beto Carrero (foto: divulgação)

Quantos dias é necessário para conhecer o Beto Carrero World?

Certamente faz toda diferença curtir o parque durante dois dias, em vez de um. A diferença de preço não é alarmante (em média, um dia custa R$ 135 e dois R$ 215) e com mais tempo é possível cobrir mais brinquedos e atrações. Além disso, é ótimo caso você pegue um dia de muito movimento, afinal, o tempo de espera na fila pode chegar a duas horas.

Turma do Betinho

Turma do Betinho (foto: divulgação)

Como chegar no Beto Carrero World

O aeroporto mais perto do parque é o de Navegantes, distante 12 quilômetros. Quem vai de carro a partir de São Paulo viaja cerca de seis horas e meia e percorre quase 500 quilômetros.

Onde estacionar?

No parque há um estacionamento bem grande e organizado que cobra R$ 50 por dia. No entanto, há outros lugares ao redor que cobram menos da metade desse valor. Eles ficam abertos até o fechamento do complexo, mas não espere encontrar um espaço coberto e com seguro.

Além disso, outra questão importante é que os pontos de estacionamento ficam do outro lado da Rodovia Beto Carrero, onde não há semáforo ou faixa de pedestres ali. Então, veja o que fica melhor para você.

 

Afinal, comprar o Fast Pass vale a pena?

 

Hot Wheels

Hot Wheels (foto: divulgação)

Em dias em que o parque está muito cheio certamente vale a pena investir no Fast Pass, pois você terá acesso aos brinquedos por filas exclusivas destinadas a quem adquire o benefício. Contudo, ele cobre apenas oito atrações: Ferrovia Dino Magic, Crazy River, Raskapuska, Betinho Carrero 4D, Auto Pista, Star Mountain, Fire Whip e Big Tower, podendo repetir uma vez cada uma delas.

Mas, caso gastar com o Fast Pass não seja uma opção, procure então ir aos brinquedos mais concorridos no final do dia ou no horário dos shows de Madagascar e do Hot Wheels, que costumam deixar o restante do parque mais tranquilo nesse período.

 

Compre o show Excalibur com antecedência

Todas as atrações extras que o visitante deseja fazer podem ser compradas pelo site com antecedência. Sendo assim, é recomendado adquirir os ingressos do Excalibur antes, já que costuma lotar.

O show traz duelos e lutas. Aliás, a fórmula é muito semelhante ao espetáculo Medieval Times, que faz sucesso há anos em Orlando.

Além disso, vale destacar que a comida é bem básica: arroz, batata frita, carne em tiras ou frango, e salada. As bebidas são pagas à parte.

O show Excalibur

Show Excalibur (foto: divulgação)

 

Onde se hospedar perto do Beto Carrero World

A cidade de Penha vive e respira o Beto Carrero World. Portanto, para dar conta dos viajantes que chegam de diversas partes do país e também do exterior, a oferta hoteleira é simples, porém generosa. Aliás, em muitos casos, as pousadas ficam a poucos metros do parque e dá para ir a pé.

Mas, quem deseja mais conforto e conciliar diversão com praia e passeios, o melhor é ficar em Balneário Camboriú, a 48 quilômetros. Ali é o endereço do charmoso hotel Infinity Blue, que fica na Praia dos Amores, em um trecho de areia praticamente particular. Certamente uma ótima opção.

Já se a ideia é ficar coladinho ao parque, a Pousada Vila Açoriana é honesta, com chalés que acomodam bem quatro pessoas e um café da manhã gostoso. Fica a um quilômetro do parque.

Infinity Blue

Infinity Blue (foto: divulgação)

 

Onde comer no Beto Carrero World

Há uma grande praça de alimentação que fica na tenda próximo à entrada do parque. O espaço reúne cerca de 20 pontos entre lanchonetes, restaurantes por quilo, sorveteria e fast-food. Os preços são mais altos do que fora, claro, mas sem exageros. Reserve então cerca de R$ 25 se optar por lanche e R$ 35 se preferir uma refeição.

Mas, quem não quiser comer na praça central pode experimentar a lanchonete da área temática do Hot Wheels. Além disso, tem a área temática de Madagascar, onde fica a Circus Plaza, que reproduz os vagões de um trem de circo – cada um deles é uma área para comprar lanches ou guloseimas.

Restaurante e loja Hot Wheels

Restaurante e loja Hot Wheels (foto: Tarcila Ferro)

 

Conheça as atrações do Beto Carrero World

As atrações estão espalhadas em diversas áreas temáticas, entra eles Velho Oeste, Vila Germânica, Ilha dos Piratas, Madagascar, Hot Wheels – cada uma com suas atrações relacionadas.

Os visitantes devem se programar para ver os shows, que acontecem todos os dias, em horários definidos, e sem custo adicional. Confira quais estão em cartaz:

 

Madagascar Circus Show

Os personagens do filme Madagascar 3 são as estrelas desse espetáculo. São mais de 30 artistas entre bailarinos, profissionais de circo e até bikers que fazem manobras durante a apresentação. O show acontece às 14h (com a chance de apresentação extra em dias mais movimentados). Portanto, para garantir sua vaga, procure chegar 20 minutos antes.

Madagascar Circus Show

Madagascar Circus Show (foto: divulgação)

BLUM

Baseado no fundo do mar, a produção é focada então em animais e seres marinhos. Certamente empolga pelas cenas de malabarismo e acrobacias. Começa às 16h.

O Sonho do Caubói

Inicia às 18h, horário em que o parque está fechando. A história faz uma homenagem ao Beto Carrero e mostra um caubói que chega para salvar uma cidade de malfeitores.

Hot Wheels Epic Show

O espetáculo prende a atenção com altas manobras feitas pelos carrinhos Hot Wheels em tamanhos reais. Em dias de muita procura, o show tem duas apresentações durante a tarde.

Hot Wheels

Hot Wheels (foto: divulgação)

 

Os brinquedos radicais do Beto Carrero World

 

Fire Whip

 

Fire Whip

A atração Fire Whip, no Beto Carrero World (foto: divulgação)

É certamente o brinquedo mais radical do parque, principalmente porque as pernas vão soltas. Ou seja, parece que você vai sair voando a qualquer momento. A montanha-russa tem cinco loopings, é invertida (alguns trechos anda de ré) e a velocidade chega a quase 100 km/h.

 

Star Mountain

 

Star Mountain

Star Mountain (foto: divulgação)

Já faz o estilo mais comum de montanha-russa, com carrinhos e dois loopings. Chega a 80 km/h e no ponto mais alto bate 35 metros de altura.

 

Big Tower

 

Big Tower

Big Tower (foto: divulgação)

A sensação de queda livre é o que dá arrepios nesse brinquedo clássico. Aliás, a Torre tem cem metros de altura, o equivalente a um prédio de 30 andares. Na queda, a velocidade chega a 120 km. Certamente você irá se divertir.

 

 

Atrações infantis do Beto Carrero World

 

Madagascar

Personagens do Madagascar (foto: divulgação)

Tigor Mountain

A Tigor costuma ser a primeira experiência em uma montanha-russa para muitas crianças, pois tem tamanho mínimo de 1,10 metro. Tem uma subida no começo e depois o carrinho dispara a 50 km/h e fica a 15 metros de altura.

Tchibum

Montanha-russa na água que leva os visitantes para um passeio a 15 metros de altura. Há queda a 80 km/h em um tanque de água. Ou seja, se prepare que você vai se molhar!

Tchibum

Tchibum (foto: divulgação)

Dum Dum

Sabe aquela centopeia dos parques dentro do shopping? Então, é igual. A diferença é que aqui é um jacaré que segue um caminho suave pelos trilhos.

Crazy River

Achei o melhor brinquedo para os pequenos, permitido para crianças a partir de 80 centímetros. Ele é tematizado com os personagens de Madagascar. Nas barquinhas que descem o rio agitado cabem até seis pessoas (então vai a família toda). Além disso, os rodopios e os jatos d’água deixam a atração bem divertida. Portanto, lembre-se de levar roupa reserva para trocar.

Ferrovia DinoMagic

Esse passeio de trenzinho é legal para conhecer mais sobre a história do Beto Carrero e ver outros pontos do parque. Ou seja, os trilhos passam próximo à Área do Primatas, onde vivem chimpanzés e orangotangos. Depois, entra por um trecho grande de Mata Atlântica, passa por uma caverna de dinossauros e, em seguida, segue tranquilo até começar uma encenação de um assalto. Mas tudo acaba bem quando Beto Carrero e seu cavalo Faísca aparecem.

Ferrovia Dino Magic

Ferrovia Dino Magic (foto: divulgação)

Betinho Carrero 4D

É um simulador engraçadinho que mostra cenas de uma viagem espacial. Sacoleja um pouco, portanto as crianças menores são colocadas na frente, nas cadeiras que não mexem.

Raskapuska

É a famosa montanha encantada em que um barquinho navegando passa pelos cenários que representam datas comemorativas e cidades turísticas.

 

Passeios pagos à parte no Beto Carrero World

Além dessas atrações, o visitante pode fazer um passeio de helicóptero sobrevoando o parque e seu entorno (5 minutos, R$ 190), alugar um carro esportivo para dar uma volta na vizinhança (Camaro ou Mustang, a partir de R$ 90), ainda tem passeio de kart (R$ 50) bem como a casa mal-assombrada Portal da Escuridão (R$ 25).

 

Leia também:

Beto Carrero: 25 razões para curtir o parque

7 parques temáticos no Brasil: Beto Carrero, Hopi Hari e mais

Balneário Camboriú: a nossa Miami tupiniquim

Infinity Blue: resort ao natural em Balneário Camboriú (SC)

Conheça o berçário de Baleias Franca, em Santa Catarina

 

 

 

 

Compartilhar: