fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeGiro pelo MundoDicas de Santiago do Chile, por Lucas Estevam

Dicas de Santiago do Chile, por Lucas Estevam

Dicas de Santiago do Chile, por Lucas Estevam

Influencer indica onde se hospedar, quais vinícolas visitar e para onde esticar

Por Lucas Estevam, do estevampelomundo.com.br | @estevampelomundo

Você sabia que a Viajar tem grupos gratuitos no WhatsApp e Telegram com dicas, serviços e muitas promoções de destinos no Brasil e no Mundo?
Faça parte desse grupo e comece a planejar a sua próxima viagem!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

O que fazer em Santiago do Chile?

Vamos falar de coisa boa? Sim! Vamos falar de viajar para outras cidades bem legais pertinho de Santiago! Com a agência 321Chile, fiz passeios para Valparaíso, Viña del Mar e Cajón del Maipo. Existe também a opção de alugar um carro ou ir de ônibus, mas em duas pessoas acho que já vale a pena contratar receptivo.

À beira do Pacífico e a pouco mais de cem quilômetros de Santiago, Valparaíso tem centro histórico tombado pela Unesco, enquanto sua vizinha Viña del Mar é um balneário relax, com bons hotéis de praia e vida noturna agitada. Já Cajón del Maipo é uma região nos Andes que concentra vales, rios e montanhas, a cem quilômetros da capital. A paisagem mais famosa é a do reservatório Embase El Yeso.

(foto: arquivo pessoal)


Onde se hospedar em Santiago?

Ótima pergunta, caro viajante! Mas a resposta não é única. Penso nas seguintes opções de bairro: Bella Vista ou Centro para quem curte um agito e ficar perto de tudo; Providencia ou Los Condes para quem quer ficar na área mais nobre de Santiago. Na minha última viagem de dez dias, eu me hospedei em quatro hotéis: Plaza El Bosque Ebro (perto do arranha-céu Sky Costanera), Casa Zanãrtu (perto da Plaza de Armas), Magnolia (perto do Cerro Santa Lucia) e Luciano K (perto do Parque Forestal). Adorei ficar no centro de Santiago.


Magnolia (foto: divulgação)


As melhores vinícolas nos arredores de Santiago

A região de Santiago tem cerca de 400 vinícolas, o que quer dizer: impossível conhecer todas elas em uma única viagem, meu filho! Eu visitei cinco e o melhor jeito para decidir a qual ir é pesquisar antes como chegar. Isso porque algumas, como a Concha y Toro, têm acesso superfácil. Porém, para outras, como a El Principal, aconselho pegar um Uber ou até mesmo contratar agências de receptivo, como a 321Chile, para fazer um dia com duas ou três vinícolas seguidas, incluindo as ótimas Undurraga e a Aquitania.


Aquitania (foto: divulgação)


Leia mais:

10 passeios para fazer no Deserto do Atacama, no Chile

Pucón: a capital chilena das atividades outdoor

Que tal transformar o seu cartão de crédito em uma verdadeira fábrica de milhas?
Se você gasta pelo menos R$ 3.000,00 por mês no cartão de crédito e não consegue emitir um bilhete por ano para os EUA com as suas milhas acumuladas, acredite, você não sabe usar o cartão de crédito a seu favor.
Quero te convidar a se tornar especialista no assunto. Aprenda a viajar de graça, entrar em salas vips ao redor do mundo sem pagar nada e fabricar milhas com o nosso time de especialistas. Chegou a hora de você virar o jogo e parar de dar dinheiro aos bancos.

Saiba como viajar de graça e sem enrolação!