fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeDestinosAmérica do NorteMiami: um passeio muito cubano por Little Havana

Miami: um passeio muito cubano por Little Havana

Miami: um passeio muito cubano por Little Havana

Para sentir o clima latino, adentre o bairro de Little Havana, onde a comunidade cubana se instalou nos anos 1960 e segue viva em cafés, restaurantes e vendinhas

Por Cristiane Sinatura

Quer ter acesso, em primeira mão, a dicas e curiosidades sobre destinos no Brasil e ao redor do mundo?
Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou Telegram e fique por dentro de tudo!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Com a subida de Fidel Castro ao poder em 1959, centenas de cubanos vieram para Miami, mais especificamente para um miolinho ao lado de Downtown. Hoje, a área entre as avenidas 13 e 17, cortada pela 8th Street (ou Calle Ocho), é o coração de Little Havana – e dizem que poderíamos facilmente passar um dia inteiro aqui sem escutar uma palavra sequer em inglês, entre vendinhas, cafés, restaurantes e arte de rua nas paredes.

 

Ball & Chain

A lendária casa de jazz inaugurada em 1935, por onde já passaram Billie Holiday e Count Basie, reabriu há três anos – agora dedicada principalmente à música latina, com direito a palco em formato de abacaxi na área externa. Bom para quem quer bailar e tomar uns mojitos. Saiba mais aqui!

 

ball Bar

Ball & Chain (foto: divulgação)

 

Cubaocho Museum & Performing Art Center

O nome não poderia ser mais sugestivo. decorado à moda antiga expõe (e vende) uma série de obras cubanas pré-revolução. Em meio a tudo isso, acontecem apresentações musicais regadas a coquetéis e fumaça de charuto. Saiba mais aqui!

 

cubaocho

Cubaocho (foto: divulgação)

 

Tour guiado a pé

O melhor jeito de conhecer o reduto cubano de Miami é caminhando – e fica mais produtivo ainda com o acompanhamento de guias locais. É o que propõe, em vários bairros étnicos da cidade, a empresa Cultural and Heritage Alliance Tours (Chat). Em Little Havana, o passeio de duas horas percorre a Calle Ocho e seus principais endereços, como o Tower Theather (aberto em 1926), o Domino’s Park (onde senhorezinhos cubanos passam o dia jogando dominó) e o Guantanamera Cigars & Cafe (uma pequena fábrica de charutos onde é possível acompanhar a produção artesanal ao vivo).

 

Marlins Park

O estádio do time de beisebol Marlins pode ser programa para quem quiser assistir a uma partida ou fazer um tour guiado. Também tem agenda de shows. Saiba mais aqui!

 

Marlins Park

Marlins Park (fofo: shutterstock)

Viernes Culturales

Toda última sexta-feira de cada mês, um festival de artes, música e cultura toma a Calle Ocho, das 19h às 23h. Tem de exposições a dança, de filmes a tours históricos, de poesia a desfiles – tudo gratuito.

 

Onde comer em Little Havana?

Ninguém passa batido pelo enorme sorvete que parece saltar da fachada – nada mais apropriado para uma sorveteria famosa pela sua variedade de sabores. A Azucar tem todos os clássicos, mas sua marca registrada é o Abuela Maria, de baunilha com goiaba, cream cheese e bolacha. Para salgar a boca, os restaurantes mais tradicionais são o Versailles e o El Cristo, com especialidades como vaca frita, arroz imperial e ropa vieja.

 

Calle Ocho

Calle Ocho (foto: shutterstock)

 

Conheça os principais bairros de Miami

 

Downtown/Brickell: museus como o Perez, teatros e shoppings movimentam o centro financeiro de Miami

Coral Gables: boas surpresas no museu Vizcaya, na Venetian Pool e na rua Miracle Mile

Miami Beach: festas na piscina, praia badalada, museus de qualidade, arquitetura art deco e compras

Surfside: refúgio de tranquilidade ao norte de Miami Beach, com centrinho fofo e um hotel Four Seasons para chamar de seus

Wynwood: grafite, restaurantes e bares descolados e tours de bicicleta no bairro mais hipster de Miami

Design District: arte contemporânea, lojas de grife e grafites revitalizam o antigo bairro industrial

 

Leia mais sobre Miami

 

Miami: dicas da blogueira Renata Araújo, do You Must Go

 

Você já pensou em acumular milhas aéreas suficientes para fazer uma viagem internacional por ano? Aguardar seus voos em qualquer lugar do mundo dentro de uma sala VIP? Ter seguros e proteções no dia a dia a nas viagens? Se você quer ser um viajante profissional, não perca esses dois e-books que a Viajar Pelo Mundo, em parceria com o site Falando de Viagem, prepararam. Chega de pagar por aquilo que você tem direito, está na hora de você conhecer todos os benefícios do seu cartão!

Clique aqui e aproveite!