fbpx
HomeDestinosÁfrica5 coisas para fazer na Medina de Marrakesh

5 coisas para fazer na Medina de Marrakesh

5 coisas para fazer na Medina de Marrakesh

Na cidade mais turística do Marrocos, o centro amuralhado guarda pousadinhas, jardins, mercados e restaurantes dignos de Instagram

Por Anna Laura Wolff, do blog carpemundi.com.br (@anna.laura)

Quer ter acesso, em primeira mão, a dicas e curiosidades sobre destinos no Brasil e ao redor do mundo?
Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou Telegram e fique por dentro de tudo!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Fotografar muito na Madraça de Ben Youssef

No passado, esta faculdade de teologia fundada no século 14 foi o centro de estudos do Alcorão mais importante do norte da África. Decorado com maravilhas hispano-mouriscas, como mosaicos de cinco cores, o prédio tem cúpulas esculpidas e sacadas em telas de treliça. Fotos dignas de Pinterest podem ser tiradas na pequena portinha de madeira, no canto esquerdo do local.

 

Viver a loucura da Jemaa El-Fna ao anoitecer

Símbolo da Medina, a principal praça da cidade é a Jemaa el-Fna, em frente à mesquita de Koutoubia. A esplanada vira um verdadeiro teatro ao ar livre quando cai a noite, com encantadores de serpentes, acrobatas, músicos, adivinhos, vendedores de incensos, tatuadores de henna e churrasqueiros. Só fique esperto pois nada ali acontece de graça: colocar a cobra no pescoço pode sair caro!

 

Comprar temperos e artesanatos

Para quem gosta de comprar, os souks (mercados árabes) são o lugar certo, mais especificamente o labirinto de ruas ao norte da praça Jemaa el-Fna. As tendinhas espalhadas por ali guardam os mais variados temperos, de açafrão a cristais de menta, e artesanatos, de pratos coloridos trabalhados à mão a bules de prata e luminárias de ferro. E a regra é: tudo custa, quase sempre, 1/3 ou até 1/4 do valor anunciado, então pechinche.

 

foto: Anna Laura Wolff

 

Ficar no Riad Be Marrakech

Se este não for o riad (espécie de pousada marroquina) mais legal de Marrakesh, com certeza está entre os primeiros. Não só pelos quartos lindinhos e pela atmosfera descolada, mas também por detalhes como a granola orgânica, as geleias de combinações inusitadas, como manga com gengibre, e as panquecas fofinhas e deliciosas, tudo feito ali, servidas no café da manhã. De quebra, o pátio marcado pela piscina central com azulejos é cenário perfeito para uma foto. Saiba mais no site!

 

foto: Anna Laura Wolff

 

Provar culinária típica no rooftop do Nomad

No terraço mais disputado da Medina, é bom reservar o jantar com antecedência. Comece com a entradinha de porções típicas árabes (a mezze), siga para o ótimo cuscuz orgânico e então termine com os deliciosos sorvetes e sorbets de produção própria, com sabores inusitados como amêndoas, óleo de argan e mel e chá berbere. Saiba mais no site!