HomeGiro pelo MundoDicasOnde celebrar o Dia do Rock?

Onde celebrar o Dia do Rock?

Onde celebrar o Dia do Rock?

Visitar museus, casas de astros e bares é a pedida para fãs de música pelo mundo

Por Redação

Memphis

Graceland, Memphis (EUA)

A mansão onde Elvis Presley viveu por 20 anos hoje é uma concorrida atração turística. Os visitantes podem entrar nas salas de estar e de jantar, na cozinha e no quarto da mãe de Elvis e ver tudo preservado como nos anos 1970. Não é possível visitar os aposentos do Rei do Rock, que ficam no andar superior, mas o quarto de sua mãe, Gladys, é aberto ao público, bem como a Jungle Room (foto), o “salão de diversões” decorado ao gosto do cantor. Além da visita aos cômodos, Graceland também abriga exposições de figurinos e artigos relacionados à carreira de Elvis.

The Cavern Club, Liverpool (Inglaterra)

O pub inaugurado em 1957 ficou famoso por ser palco das primeiras apresentações dos Beatles, que ali fizeram shows por dois anos. Desde então, outras bandas já passaram pelo bar, como Queen, Oasis e Arctic Monkeys. Até hoje, há programação com grupos locais e as referências aos Beatles estão por toda parte, como fotos e recortes de jornal pendurados nas paredes.

mendips-liverpool-casa-john-lennon

Mendips, Liverpool (Inglaterra)

A casa número 25 da Menlove Avenue foi cenário da infância e adolescência do beatle John Lennon e hoje é patrimônio do governo inglês. Para visitar, é necessário agendar online.

Casa de Paul McCartney, Liverpool (Inglaterra)

Paul McCartney viveu no número 20 da Forthlin Road, e a visita à sua casa de infância também pode ser agendada online.

Cemitério Père Lachaise, Paris (França)

Localizado no 20º arrondisement, o maior cemitério de Paris guarda túmulos ilustres, como o de Jim Morrison, líder do The Doors. Ele morreu em 1971, no mesmo ano em que se mudou para a capital da França.

Rock & Roll Hall of Fame, Cleveland (EUA)

O museu americano registra os grandes nomes do rock mundial, que são selecionados todos os anos em cerimônia oficial. Retratos de artistas, gêneros musicais de várias cidades dos EUA e os Beatles são temas de algumas das 50 exposições em cartaz.

experience-music-project-seattle

Experience Music Project, Seattle (EUA)

Berço do grunge, Seattle tem um museu dedicado à cultura contemporânea, com uma ala imperdível para fãs de rock, que podem tocar instrumentos para uma plateia virtual. O museu também tem uma coleção de artigos raros, instrumentos, manuscritos e fotografias pertencentes a ídolos da música, como Kurt Cobain e Jimi Hendrix. Isso sem falar na impressionante escultura gigante feita de guitarras.

Viper Room, Los Angeles (EUA)

Frequentada por celebridades de Hollywood, esta danceteria, que pertenceu a Johnny Depp, tornou-se infame quando o ator River Phoenix morreu de overdose em sua calçada. Grandes nomes já se apresentaram nos tempos áureos da casa, como John Frusciante, ex-guitarrista da banda Red Hot Chili Peppers, Courtney Love e Johnny Cash. O local continua na ativa, com agenda de shows nem tão estrelada assim.

Compartilhar: