HomeGiro pelo MundoDicasO que você precisa saber sobre os coffeeshops de Amsterdã

O que você precisa saber sobre os coffeeshops de Amsterdã

O que você precisa saber sobre os coffeeshops de Amsterdã

Perguntas e respostas para não sair da linha na capital maluco-beleza da Holanda

Por Redação

A maconha é legalizada na Holanda?
Não exatamente. Por entender que a maconha é menos prejudicial à saúde do que drogas pesadas, como ecstasy e cocaína, a Holanda adota uma política de tolerância – mas ainda assim é considerada uma substância ilegal, apenas não submetida a punições. Ao tolerar a venda regulada de drogas leves em coffeeshops, o país pressupõe que o usuário não precise, assim, recorrer ao tráfico ilegal, que poderia lhe apresentar drogas pesadas.

O que é um coffeeshop?
Coffeeshops são estabelecimentos onde não é permitido consumir álcool, mas a venda e o uso de drogas leves é autorizado. Em 2014, havia 183 coffeeshops em Amsterdã.

foto: Shutterstock

Coffeshop em Amsterdã – foto: Shutterstock

Turistas internacionais podem entrar em um coffeeshop?
Sim, todos acima de 18 anos podem entrar e comprar cannabis. O mesmo não é válido em toda a Holanda, onde o acesso a coffeeshops pode ser proibido a turistas.

Quanto é possível comprar em um coffeeshop?
Vender grandes quantidades de cannabis é proibido. O limite máximo é de 5 gramas por dia, por pessoa.

É ilegal comprar cannabis nas ruas?
Sim. A compra só é possível por maiores de 18 anos em coffeeshops.

É permitido fumar em espaços públicos?
Maiores de 18 anos podem fumar em áreas abertas desde que não incomodem outras pessoas. Porém, é proibido fumar em playgrounds infantis e próximo a escolas secundárias – coffeeshops, aliás, precisam distar pelo menos 250 metros dessas instituições de ensino. O consumo é permitido dentro das residências.

*Tradução parcial de conteúdo produzido pela organização de marketing de Amsterdã. Clique aqui para ler na íntegra, em inglês.

Compartilhar: