HomeDestinosAmérica do NorteO que fazer em Puerto Vallarta, México

O que fazer em Puerto Vallarta, México

O que fazer em Puerto Vallarta, México

Na costa mexicana do Oceano Pacífico, Puerto Vallarta é o epicentro da Riviera Nayarit, com cultura local, praias, passeios de barco, golfinhos, shoppings e bons restaurantes

Por Redação

Com 200 mil habitantes, Puerto Vallarta é, ao mesmo tempo, uma cidade que possui um delicado ar colonial, mas empolga também pelo lado mais moderno, com shoppings, restaurantes badalados, edifícios e uma das maiores marinas do país. Tem praias lindas e as saídas de barcos rendem passeios deliciosos até as ilhas próximas.

O que visitar

As principais atrações turísticas giram basicamente em torno da área central e de seu emblemático Malecón, o calçadão à beira-mar. Repleta de restaurantes e bares, a orla é enfeitada por dez esculturas de bronze de artistas mexicanos (ninguém resiste a uma foto ali). Entre as mais legais está a escada de quase
20 metros de altura, tendo o oceano como pano de fundo.

Seguindo no Malecón, chega-se ao centro da cidade, coroado com a imponente Paróquia de Nuestra Señora de Guadalupe, de 1921. Em frente à igreja, um simpático coreto dá um charmoso ar de interior à Plaza de Armas. Aproveite e pare para experimentar os sorvetes da La Michoacana, feitos à base de sabores locais, como orchata e tamarindo.

Comprinhas

Não vá embora sem comprar peças do artesanato local, produzido sobretudo pelos índios huichol, cujo minucioso trabalho se destaca por “pintar” objetos de decoração e bijuterias com miçangas coloridas. Já as tradicionais calaveras Catrinas, figuras femininas com corpo de esqueleto, são fáceis de encontrar. Se a ideia for comprar mais artigos típicos, o Mercado Central também vale uma visita. Ali não faltam batas bordadas, máscaras de lucha libre, pimentas e, claro, tequilas – negocie com os vendedores para garantir bons descontos.  

Catrinas | foto: divulgação

Hora de ver golfinhos

Puerto Vallarta localiza-se bem no centro da Baía de Banderas, cujo formato de meia-lua abriga uma rica vida marinha. Uma das possibilidades mais marcantes para explorar essa beleza é o mergulho com golfinhos selvagens em alto-mar. Trata-se de uma experiência única, oferecida em poucos lugares do mundo. Ali não há tanques nem truques ou beijos nos bichinhos. A bordo de um bote motorizado, os passageiros são levados em pontos da costa onde a população local (cerca de 300 golfinhos) costuma ficar, a cerca de meia hora de distância do continente. O barco chega próximo para que os visitantes pulem na água e nadem ao lado deles. Ao submergir, é possível ver os bichos nadando pertinho de você e ouvir os zunidos deles embaixo d’água.

Snorkel | foto: divulgação

Santuário Marinho

Em outro ponto mais a norte da baía, as Islas Marietas são um conjunto de três ilhas fascinantes em alto-mar. Com formação vulcânica, o local abriga mais de 4 mil aves marinhas – em especial, a curiosa e rara espécie patola-de-pés-azuis. Não se pode caminhar nas ilhas por causa dos ninhos dos pássaros, por isso os barcos “estacionam” no mar, enquanto os passageiros se divertem fazendo snorkel, stand up paddle ou birdwatching.

Ilha particular

Já do outro lado da baía, a cerca de 30 quilômetros da marina de Vallarta, a ilha Las Caletas impressiona com o visual de “paraíso perdido no meio do oceano”. A praia particular foi minuciosamente decorada com tochas, deques, espreguiçadeiras, guarda-sóis e até redes dentro da água. Durante a noite, é a vez de assistir a apresentações do folclore local, ao ar livre, cercado pela mata da ilha, e saborear um autêntico jantar mexicano com clima de luau, servido sob o céu de estrelas e com o pé na areia.

Espetáculo “Rhythms of the Night” | foto: divulgação

Curiosidade: Você sabia que foi graças ao romance proibido de um casal famoso de Hollywood que Puerto Vallarta entrou no radar mundial? Nos anos 1960, quando o local ainda era um desconhecido vilarejo de pescadores, os astros do cinema Richard Burton e Elizabeth Taylor viveram ali um dos mais tórridos casos de amor da história do show business. Para tentar manter a discrição, Burton presenteou a amada com uma casa na região. O lugar hoje se tornou a Casa Kimberly, um elegante hotel-butique que presta homenagem à antiga dona.


Clique aqui ou consulte copa.com ou seu agente de viagens para tarifas promocionais para Puerto Vallarta saindo de 9 cidades brasileiras.

 

Compartilhar: