fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeGiro pelo MundoGastronomia8 museus que valem também por seus restaurantes

8 museus que valem também por seus restaurantes

8 museus que valem também por seus restaurantes

Chefs renomados, estrela Michelin, menu caprichado: tem museu que vale não só por suas obras, mas também por seus restaurantes

Por Thelma Lavagnoli

Quer ter acesso, em primeira mão, a dicas e curiosidades sobre destinos no Brasil e ao redor do mundo?
Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou Telegram e fique por dentro de tudo!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Rikjs, Rijksmuseum, Amsterdã
O chef Joris Bijdendijk celebra a gastronomia da Holanda em pratos com frutos do mar, peixes e carnes. Há, ainda, uma extensa seleção de vinhos e releituras de drinques como mojito e martíni. rijksrestaurant.nl

The Source, Newseum, Washington, DC
Comandado pelo famoso chef Wolfgang Puck, o The Source tem menu asiático com noodles, sashimis e diversas opções vegetarianas. No salão, destaque para a seleção de vinhos que decora o espaço: são mais de 2 mil garrafas. wolfgangpuck.com

Untitled, Whitney Museum of American Art, Nova York
O restaurante dá toques elaborados a clássicos americanos, como costelinhas e hambúrgueres. O menu traz também wraps, massas e saladas. Depois da visita ao museu e do almoço, ainda dá para esticar o passeio até o High Line Park, ali pertinho.
untitledatthewhitney.com

foto: divulgação

Santinho, Museu Casa Brasileira, São Paulo
A chef Morena Leite assina o cardápio focado em pratos brasileiros, servidos em bufê com estações de saladas, carnes, massas e tapiocas, além de sanduíches e algumas opções à la carte. A cozinha prioriza o uso de ingredientes frescos e, na maioria das vezes, orgânicos.
restaurantesantinho.com.br

foto: divulgação

Musée d’Orsay, Paris
Dizem que o restaurante continua bonito tal qual era lá nos anos 1900, quando foi inaugurado. Lustres de cristais, paredes com detalhes dourados e afrescos no teto contrastam com os móveis mais modernos do salão. No menu, a tradicional culinária francesa divide espaço com pratos originais criados de acordo com eventos do museu. musee-orsay.fr

Holbein’s, Stadel Museum, Frankfurt
Tem ótimos menus de almoço, pré-definidos e servidos rapidamente. A inspiração vem da cozinha asiática, como curries, sushis, sopa vietnamita e atum com crosta de gergelim. O cardápio muda de acordo com a estação. bit.ly/stadel-restaurante

Verde, Pérez Art Museum Miami, Miami
Com vista para a Baía de Biscayne, tem área externa bem gostosa e menu de comidinhas saudáveis e frescas, como saladas, pizzas, ceviches e tartar, além de carta de drinques criativos. pamm.org/dining

foto: divulgação

Museu da Cerveja, Lisboa, Portugal
Em frente ao Rio Tejo, na Praça do Comércio, o endereço celebra a tradição da bebida em todos os países de língua portuguesa. E é no espaço restaurante-cervejaria que todo param para bater papo, provar diversos rótulos e ainda comer um bom pastel de bacalhau com queijo serra da estrela.

Conteúdo publicado em Parceria com a Air France, que voa para vários destinos da Europa, como Lisboa e Amsterdã

Você já pensou em acumular milhas aéreas suficientes para fazer uma viagem internacional por ano? Aguardar seus voos em qualquer lugar do mundo dentro de uma sala VIP? Ter seguros e proteções no dia a dia a nas viagens? Se você quer ser um viajante profissional, não perca esses dois e-books que a Viajar Pelo Mundo, em parceria com o site Falando de Viagem, prepararam. Chega de pagar por aquilo que você tem direito, está na hora de você conhecer todos os benefícios do seu cartão!

Clique aqui e aproveite!