HomeGiro pelo MundoDicas6 livros em que cidades parecem ser personagens

6 livros em que cidades parecem ser personagens

6 livros em que cidades parecem ser personagens

Nem só avião: as páginas destes livros também nos fazem viajar sem sair do lugar

Por Redação

A Culpa é das Estrelas, John Green
O amor adolescente e emotivo entre Hazel Grace e Augustus Waters ganha contornos românticos em Amsterdã, passeando especialmente por seus canais e pela Casa de Anne Frank.

Amiga Genial, Elena Ferrante
Em quatro livros, o enredo das amigas Lenu e Lila tem o subúrbio de Nápoles como pano de fundo, passando também por Florença, Milão e Ischia, de forma a destrinchar a história moderna da Itália. Em 2018, vai virar série da HBO.

Um Ano na Provence, Peter Mayle
Um ex-publicitário inglês narra, mês a mês, sua própria história de amor e descobertas pela região francesa das lavandas, onde ele e a esposa compraram e reformaram uma casa de 200 anos.

Lavandas em Provença | foto: shutterstock

Millenium, Stieg Larsson
A trilogia sueca que virou filme com Daniel Craig leva turistas a fazerem tours especiais pelos cenários de Estocolmo, passando pelo distrito de Södermalm, pela casa dos personagens e pelo café Mellqvist.

A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera
A história de Tomás, Teresa, Sabina e Franz remonta à Primavera de Praga de 1968, quando a capital da então Tchecoslováquia estava sob domínio soviético, mostrando cartões-postais como a Ponte Carlos e o castelo.

Ponte Carlo, Praga | foto: shutterstock

1Q84, Haruki Murakami
Misturando duas realidades, a trilogia fantástica é um mergulho na cultura japonesa e em pontos reais de Tóquio, como o agitado distrito de Shibuya e a estação de Shinjuku.

Compartilhar: