HomeDestinosCultura e história em Tampa Bay, a vizinha de Orlando

Cultura e história em Tampa Bay, a vizinha de Orlando

Cultura e história em Tampa Bay, a vizinha de Orlando

A região da Flórida tem tantos atrativos ligados à cultura, aos esportes e às praias que merece sua visita. E o melhor: fica a apenas uma hora da Disney!

Por Paulo Mancha D'Amaro

A paixão do brasileiro por Miami e Orlando é algo que sempre me chamou atenção. Eu também adoro essas duas cidades e já as visitei várias vezes, mas foi exatamente nessas viagens que aprendi algo essencial: a Flórida tem muito mais para ver.

Talvez o melhor exemplo disso seja a região de Tampa Bay. Para início de conversa, fica perto de Orlando – uma hora de carro partindo da Disney. Se você já visitou o Busch Gardens sabe disso. E o melhor de tudo: é completamente diferente. Ou seja, se numa viagem a Orlando você decidir dar uma esticada e passar alguns dias em Tampa, vai aproveitar o melhor de dois mundos.

E que “mundo” é esse da cidade situada na costa oeste da Flórida? É um mundo, digamos, menos de fantasia e muito mais de história, cultura, esportes e tradição. Nesse recanto, onde faz sol 351 dias por ano, em média, três cidades se destacam: St. Petersburg, Clearwater e a própria Tampa.

[optinlocker]

Ali, entre outras coisas, você vai se surpreender com o Museu Dalí, se apaixonar pelo bucólico bairro cubano de Ybor City, se maravilhar com o Florida Aquarium e se emocionar com os inusitados centros esportivos Tropicana Field e Raymond James Stadium. Ah, tem as praias também, banhadas pelas tépidas águas do Golfo do México.

Henry B. Plant Museum (Foto: divulgação)

Henry B. Plant Museum (Foto: divulgação)

O Busch Gardens é a atração mais famosa de Tampa, imbatível no quesito adrenalina. Ele impressiona pelo tamanho e pela diversidade, mesclando zoológico, montanhas-russas e brinquedos infantis em nove áreas temáticas (saiba mais no box).

O parque de diversões, no entanto, é a única coisa em Tampa que lembra Orlando. Mais antiga, a cidade exala história, resgatando um passado encenado por piratas e imigrantes. É uma delícia andar despreocupadamente por Ybor City, o bairro histórico em que, a partir de 1880, estabeleceram-se milhares de cubanos, italianos, espanhóis e judeus exilados da Europa.

Nesse lugar, floresceram as pequenas fábricas de charutos, assim como os night clubs onde, no começo do século 20, artistas de primeira linha e mafiosos desfrutavam da noite mais agitada da Flórida. Dica: visite o Centro Español, construído em 1904, com arquitetura colonial mourisca. Hoje, ele faz parte do complexo de lojas e cinemas Centro Ybor. Um lugar famoso por suas passagens secretas e seus salões ocultos, feitos para driblar a Lei Seca na década de 1920.

Em Ybor City não faltam, também, cafés coloridos, hotéis em estilo art déco e tabacarias. Bandas de jazz animam as noites a ponto de muitos chamarem a 7ª Avenida de Bourbon Street da Flórida. O estabelecimento mais icônico é o Columbia Café, aberto desde 1905 em um prédio inspirado nos palácios de Alhambra, na Espanha. Além da música, você se delicia com pratos típicos cubanos, à base de feijão preto e carne de porco.

Ybor City (Foto: divulgação)

Ybor City (Foto: divulgação)

Igualmente belo e impressionante é o Henry B. Plant Museum, já no centro da cidade. O edifício em estilo mouro exibe seis torres e quatro cúpulas, lembrando minaretes das mesquitas do Oriente Médio. Foi erguido em 1891 para ser o Tampa Bay Hotel e ganhou fama por ser o primeiro prédio da Flórida com luz elétrica, telefone e elevador. Hoje, pertence à Universidade de Tampa e tem no seu interior um museu.

Uma parada obrigatória para quem viaja com filhos é o Florida Aquarium. Com mais de 20 mil animais e plantas aquáticas de todos os continentes, ele permite aos pequenos interagir com lontras, crustáceos, peixes e até pinguins. Há, ainda, aula de mergulho autônomo para a criançada, em uma enorme piscina cheia de peixinhos coloridos. Já os adultos podem encarar o Diving With Sharks Experience, um passeio pelo tanque onde vivem tubarões e tartarugas marinhas.

E como se locomover em Tampa? O ideal é alugar um carro. Mas você, invariavelmente, terá também de se valer dos táxis aquáticos. Aliás, os canais que permeiam a cidade levam à região de Channel Side, com seus condomínios de luxo, prédios modernos envidraçados e relíquias históricas. A mais célebre é o Victory, um navio da Segunda Guerra Mundial convertido em museu militar.

Todos os anos, no último sábado de janeiro, acontece ali a Gasparilla. É o “carnaval” de Tampa, que rememora as invasões do pirata espanhol José Gaspar no começo do século 19. Centenas de barcos adornados com bandeiras e luzes tomam de assalto o canal, divertindo uma massa de 400 mil pessoas que assiste a tudo do calçadão, ao som de música latina.

Pier 60, Clearwater (Foto: divulgação)

Pier 60, Clearwater (Foto: divulgação)

Se Tampa tem seu “carnaval”, não falta, também, outra atração que aproxima seus habitantes dos brasileiros: o esporte. Tudo bem, não é o futebol que dá as cartas por lá, mas ainda assim o viajante pode ter uma boa experiência nos campos e quadras. A região é famosa por sua tradição esportiva e vale a pena visitar os estádios ou mesmo ir a uma partida.

No Raymond James Stadium, do time de futebol americano Tampa Bay Buccaneers, existe um navio pirata em plena arquibancada! Quando o time pontua, seus canhões atiram e bonecos falantes agitam a torcida. Já no Tropicana Field, da equipe de beisebol Tampa Bay Rays, há playgrounds, jogos eletrônicos gratuitos e até mesmo um grande aquário repleto de arraias (símbolo do time) bem no meio da arquibancada. Crianças e adultos podem tocar nos bichos. Em ambos os estádios, bandas de rock animam a torcida nos bastidores, antes das partidas, e há dezenas de lojinhas, lanchonetes e restaurantes.

Tampa é recortada por canais, mas se você quiser ir à praia, a pedida é se deslocar às vizinhas St. Petersburg e Clearwater. Imperdível visitar Sandkey, em Clearwater, uma península que foi usada como alvo de treinamento de bombardeios aéreos durante a Segunda Guerra Mundial e que hoje em dia é pontuada por resorts e hotéis para todos os bolsos.

Igualmente bela é a região de Fort de Soto Park, em St. Petersburg, com seus 11 quilômetros de areias desertas e as instigantes ruínas de uma fortaleza erguida durante a Guerra Hispano-Americana, em 1898. Detalhe: em Clearwater também está o Marine Aquarium, lar de Winter, o golfinho que perdeu a cauda num acidente e virou tema de um filme, sucesso de bilheteria nos cinemas em 2011. Na época, filas imensas se formavam para ver o simpático bichinho e seus companheiros aquáticos. Hoje, a visita é mais tranquila e continua muito recompensadora.

Salvador Dalí Museum (Foto: divulgação)

Salvador Dalí Museum (Foto: divulgação)

Se Clearwater se destaca pela natureza, a vizinha Saint Pete (como os locais chamam St. Petersburg) é um reduto de cultura. Galerias de arte, museus e antiquários se espalham pela avenida à beira da praia, revelando um cenário elegante e muito agradável, emoldurado por restaurantes com mesinhas ao ar livre, marinas cheias de veleiros e quadras de vôlei de areia com gente sarada dando um tom jovial ao lugar.

Ali desponta o Salvador Dalí Museum – simplesmente a maior coleção de obras do pintor espanhol já reunida fora da Europa. O museu foi instalado em um edifício de arquitetura incomum e desafiadora: tem forma de gota d’água e é todo envidraçado. Abriga uma centena de quadros de Salvador Dalí e, ainda, desenhos e milhares de fotografias.

Bem pertinho estão duas outras atrações de destaque. O Museum of Fine Arts expõe nada menos que 4 mil obras de arte, com lugar garantido para Gauguin, Renoir, Monet e Cézanne. A Chihuly Collection, por sua vez, é um museu dedicado às peças feitas em vidro e cristal pelo premiadíssimo artista escultor Dale Chihuly. Conhecido pelo fato de ser cego de um olho, ele tem trabalhos espalhados pelo mundo todo – de Las Vegas a Dubai.

Esteja você nos corredores dessas galerias de St. Petersburg, nas praias idílicas de Clearwater ou nos bairros folclóricos de Tampa, uma coisa é garantida: a região de Tampa Bay deixa memórias únicas e duradouras. Um lado da Flórida que merece ser desvendado!

Leia também:

 

Compartilhar: