fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeGiro pelo MundoDicasLima além do básico

Lima além do básico

Lima além do básico

A capital do Peru é famosa pela gastronomia, mas essas dicas mostram que as artes e as ondas não ficam nem um pouco atrás

por Redação

Você sabia que a Viajar tem grupos gratuitos no WhatsApp e Telegram com dicas, serviços e muitas promoções de destinos no Brasil e no Mundo?
Faça parte desse grupo e comece a planejar a sua próxima viagem!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Deu onda!

“Fiquei hospedado no bairro de Miraflores, um dos mais conhecidos da cidade.  Surfei nas praias de Punta Roca e Cerro Azul. Mesmo no verão, o mar é muito gelado, então uma dica que eu dou é levar roupa de borracha. Além disso, todas as cevicherias da cidade são muito boas, vale a pena conhecer!” Caio Castro, ator

Capital da gastronomia

“Recomendo o restaurante Chez Wong (facebook.com/ChezJavierWong), cujo chef foi precursor da renomada gastronomia de Lima. A partir de um linguado enorme, o ceviche é preparado na sua frente. No El Mercado (rafaelosterling.pe), do chef Rafael Osterling, vale a pena fazer reserva para curtir o ambiente descolado, com clima de praia e comida sensacional. Para drinques, sugiro o descontraído Barra 55 (facebook.com/barr55), com destaque para os coquetéis à base de gin. Isso para não citar os famosos restaurantes do chef Gastón Acurio, como o Astrid e Gastón (astridygaston.com) e o La Mar (lamarcebicheria.com).”
Cassiano Vitorino, gerente de comunicação do Belmond Copacabana Palace

Chez Wong / foto: divulgação

Arte para ver e vender

“Inaugurado em 2012, o Mate (mate.pe) é um museu dedicado ao fotógrafo peruano Mario Testino, que já clicou gente como Gisele Bündchen, Madonna, Brad Pitt e a Família Real britânica. O café e a lojinha de suvenires do museu também são graciosos e valem a visita. Já o Dédalo (dedalo.pe) é um amplo espaço para artistas do Peru. Em cada sala desse casarão no bairro de Barranco, você vai encontrar um tema diferente, desde bijuterias a artigos de decoração, passando por brinquedos infantis, roupas, assessórios e cerâmicas.”
Natalie Soares, do blog sundaycooks.com

Museu Mate / foto: divulgação

Que tal transformar o seu cartão de crédito em uma verdadeira fábrica de milhas?
Se você gasta pelo menos R$ 3.000,00 por mês no cartão de crédito e não consegue emitir um bilhete por ano para os EUA com as suas milhas acumuladas, acredite, você não sabe usar o cartão de crédito a seu favor.
Quero te convidar a se tornar especialista no assunto. Aprenda a viajar de graça, entrar em salas vips ao redor do mundo sem pagar nada e fabricar milhas com o nosso time de especialistas. Chegou a hora de você virar o jogo e parar de dar dinheiro aos bancos.

Saiba como viajar de graça e sem enrolação!