fbpx
  • Seu carrinho está vazio.
HomeGiro pelo MundoGastronomiaSaiba como o queijo Gruyère é produzido na Suíça

Saiba como o queijo Gruyère é produzido na Suíça

Saiba como o queijo Gruyère é produzido na Suíça

Aos pés da vila medieval de Gruyères, é possível conhecer o famoso queijo feito com leite cru, é duro e não tem furos. A peça redonda pesa cerca de 35 kg.

Por Tarcila Ferro

Quer ter acesso, em primeira mão, a dicas e curiosidades sobre destinos no Brasil e ao redor do mundo?
Entre para o nosso grupo no WhatsApp ou Telegram e fique por dentro de tudo!

Entrar no grupo Telegram! Entrar no grupo WhatsApp!

Aos pés da vila medieval de Gruyères, no estado de Friburgo, a Maison du Gruyère dá um belo panorama de como é produzido o famoso queijo Gruyère. Duas vezes por dia, 36 agricultores locais entregam para a queijaria sua produção de leite para ser transformada em queijo pelos profissionais conhecidos como mestres queijeiros. Todo esse processo pode ser acompanhado durante uma visita à tradicional Maison.

vila medieval de Gruyèrer. foto: Shutterstock

vila medieval de Gruyèrer. foto: Shutterstock

Apenas queijos produzidos nessa região recebem o certificado de origem – isso quer dizer: Gruyère mesmo só o que é feito nessa área de pastos alpinos, situados entre 800 e 1.600 metros acima do nível do mar. A questão do pasto influencia diretamente a qualidade do leite. E é exatamente por aí que começa o passeio pela fábrica: com explicações sobre os cuidados com as vacas e as pastagens.

O passo seguinte é conhecer a sala de produção. Com grandes janelões, os visitantes podem ver as quatro cubas (cada uma com capacidade de 4.800 litros) trabalhando sob o olhar atento dos mestres queijeiros. O leite é centrifugado, aquecido, recebe a cultura de bactérias, segue para ser coalhado, depois é “descoalhado”.

Das caldeiras, o conteúdo é transferido para grandes fôrmas para extrair todo o soro até seguir para o processo de prensagem.  Na fase seguinte, é emitida a certidão do queijo, com etiquetas que marcam o número da fôrma, da
queijaria e a data da fabricação.

A etapa final será a prensagem e a salmoura. Na câmara de maturação, o queijo fica sobre prancha de pinheiro para fazer a casca. A Maison tem uma adega que comporta até 7 mil rodas de queijo em amadurecimento. Até chegar à mesa, o processo é longo e há muitas exigências, mas o sabor é inconfundível!

Maison du Gruyère
Place de la Gare 3, lamaisondugruyere.ch
Preços do tour: CHF 7

Você já pensou em acumular milhas aéreas suficientes para fazer uma viagem internacional por ano? Aguardar seus voos em qualquer lugar do mundo dentro de uma sala VIP? Ter seguros e proteções no dia a dia a nas viagens? Se você quer ser um viajante profissional, não perca esses dois e-books que a Viajar Pelo Mundo, em parceria com o site Falando de Viagem, prepararam. Chega de pagar por aquilo que você tem direito, está na hora de você conhecer todos os benefícios do seu cartão!

Clique aqui e aproveite!