HomeGiro pelo MundoDicasVaticano simplificado

Vaticano simplificado

Vaticano simplificado

A cidade-Estado é uma verdadeira aula de cultura, história e fé. Para fazer bonito e aproveitar a visita com o mínimo de pisadas
nos pés e trombadas, fique de olho nas nossas sacadinhas

Por Thelma Lavagnoli

1. Entenda
O Vaticano é uma cidade-Estado regida pelo líder mundial da Igreja Católica Romana, o Papa. As principais atrações são a Praça e a bela Basílica de São Pedro, os Museus do Vaticano e a imperdível Capela Sistina – espalhados por uma área de menos de 1 km².  A Praça e a Basílica são gratuitas, já o Museu, pago.

2. Como se programar
Para visitar os Museus do Vaticano e a Capela Sistina, é possível comprar ingresso antecipadamente pela internet (biglietteriamusei.vatican.va). O ingresso on-line sai por € 20, já diretamente no local custa € 16. Mas se prepare para as filas. Pelo site, o visitante compra com dia e hora marcada. Os agendamentos podem ser feitos das 9h às 15h (com intervalos de meia hora). Outra dica básica, mas efetiva, é chegar cedo para evitar a parcela dos turistas que decidiram dormir até mais tarde.

3. O que ver

[optinlocker]

Basílica de São Pedro

Uma notícia é boa e a outra é ruim: aqui, a entrada é grátis, mas por isso costuma ter filas a qualquer momento do dia. A recompensa?  Pé-direito alto, interior revestido de mármore e domo com mais de 130 metros de altura da base ao topo assinado por Michelangelo, que trabalhou na construção da basílica atual em 1547. Há, ainda, ícones de arte sacra, como a Pietà, também do gênio italiano que representa Jesus morto nos braços de Maria. Quem quiser ir além da basílica, também pode visitar os túmulos de vários papas – João Paulo II, por exemplo – e outros nomes importantes da igreja católica, no subsolo. Para conhecê-las é preciso desembolsar mais € 12.

curiosidade: a estátua de São Pedro é bem disputada, pois os fiéis acreditam que passar as mãos nos pés do santo pode trazer sorte. Verdade ou não, o fato é que os dedos da escultura já estão bem gastos por conta da “simpatia”.

Capela Sistina

capela-sistina

“No picture” por aqui! A imagem deverá ficar guardada apenas na memória, mas é fácil deixar-se impressionar pelos traços precisos de Michelangelo no afresco O Juízo Final (a parede atrás do altar) e no teto onde está a imagem da Criação de Adão – uma referência à citação bíblica de que Deus criou o homem à sua imagem e semelhança.

curiosidade: sem fila, empurra-empurra e dor de cabeça. Por cerca de 30 minutos, é possível ter a Capela Sistina praticamente só para você: empresas como a Italy With Us oferecem o tour VIP a partir de € 350 depois do horário regular. A reserva pode ser feita em italywithus.com.

Museus do Vaticano
Instalado em construções que já foram residências dos líderes religiosos, o complexo reúne 25 setores, que expõem desde peças da Antiguidade à Renascença, mapas e tapeçarias – além da Capela Sistina. Passeie sem pressa e não deixe de ir às Salas de Rafael. São quatro cômodos que foram a residência do Papa Júlio II no comecinho do século 16, com belos afrescos. Abre de segunda a sábado, das 9h às 16h. No último domingo do mês, costuma ter entrada gratuita das 9h às 12h30, mas fica aberto até as 14h.

Praça de São Pedro

praça-são-pedro

 

Diante da basílica, a Praça de São Pedro é uma criação de Bernini, feita entre 1656 e 1667, com características dos estilos clássico e barroco. Ela é a porta de entrada do Vaticano e, ali, é impossível não se sentir pequenino cercado pelas imensas colunas que rodeiam o espaço (são 284), as 140 estátuas de santos adicionadas em 1670 e diante do obelisco central.

Ir a Roma e ver o Papa:  Se ver o Papa é prioridade, existem algumas opções. A primeira é tentar a sorte e enfrentar as multidões que lotam a praça diante da basílica à espera da sua benção dominical. Outra é contratar passeios como os da empresa Viator para ver o Papa e seus cardeais realizarem a audiência semanal, com tíquete a partir de US$ 43. Nesse caso, também dá para tentar garantir seu lugar gratuitamente pela prefeitura do Vaticano, assim como acontece com as reservas para as celebrações de datas especiais, como a Missa do Galo, na véspera de Natal.

Como chegar: O Vaticano fica pertinho de duas estações de Metrô, a Ottaviano – S. Pietro-Musei Vaticani e a Cipro.

[/optinlocker]

 

Compartilhar: