HomeHospedagemClube de hotéis: modelo timeshare de hospedagem

Clube de hotéis: modelo timeshare de hospedagem

Clube de hotéis: modelo timeshare de hospedagem

Sistema de férias compartilhadas permite às famílias organizarem suas viagens com antecedência e economia aproveitando diárias com tarifas mais em conta

Por Marcos Martins

Há 16 anos, a arquiteta Adriana Faragó adquiriu dois planos de férias vitalícios que permitiam que ela viajasse com frequência para dois destinos que adora: Orlando e Florianópolis. Com a adesão ao programa conhecido mundialmente como timeshare, ela viu uma forma de economizar, conhecer novos destinos e garantir pelo menos uma viagem por ano. “A grande diferença está no preço e em poder dividir esse benefício com a família”.

 

[optinlocker]

A arquiteta exemplifica: “Fiquei uma semana no hotel Sheraton Vistana, em Orlando, em um apartamento para seis pessoas pagando apenas R$ 821”. O timeshare é muito comum fora do país e nos últimos anos ganhou espaço no mercado hoteleiro nacional. Grandes empreendimentos como Costão do Santinho, Beach Park, Rio Quente Resorts, diRoma, a rede Tauá e muitos outros trabalham com essa plataforma.

Costão do Santinho (Foto: divulgação)

Costão do Santinho (Foto: divulgação)

O hóspede pode adquirir uma cota, na maioria vigente de 10 a 25 anos, e recebe um documento para usufruir do local escolhido durante o período do contrato. Os planos mais populares funcionam com o acúmulo de pontos ou semanas. De acordo com Rafael Pires, diretor do Vacation Club do Costão do Santinho, o programa está acima de um plano de fidelidade, pois o cliente paga antecipado e, com isso, usufrui de tarifas com preços reduzidos.

Em apenas nove meses de operação, o resort já movimentou R$ 18 milhões. “É um seguro de férias, já que o valor desembolsado será o mesmo durante a vigência do contrato”, esclarece. O interessante é que o usuário não precisa ficar restrito apenas ao plano do resort conveniado. É possível fazer um intercâmbio entre os hotéis por meio de empresas como a RCI, especializada nesse modelo de comércio.

grande-hotel-araxa-taua

Tauá Grande Hotel Araxá (Foto: divulgação)

De origem americana, mas atuando há 24 anos no mercado nacional, a RCI negocia a transferência de semanas ou pontos de um hotel para outro que sejam afiliados à empresa. O sócio tem de pagar uma taxa fixa a cada troca (em torno de R$ 600 para reservas nacionais e de R$ 800 para internacionais). Mesmo com a mudança, o primeiro hotel não deixa de receber o valor que já foi pago, pois a plataforma funciona como um “banco de espaço” flexível.

“Quando um empreendimento opta por entrar no sistema de timeshare, ele preenche um período que pode estar com a capacidade ociosa. A nova demanda impulsiona o fluxo de hóspedes e pode influenciar até em reformas e expansão da estrutura”, pontua Maria Carolina Pinheiro, diretora-geral da RCI no Brasil.

A economia de 30% nas tarifas dos hotéis foi o que motivou a empresária Daniela Kang a adquirir, há dois meses, um plano de 100 mil pontos na Rede Tauá. “Minha ideia é viajar pelo menos duas semanas por ano com a minha família para locais diferentes”, pontua.

Beach Park (Foto: divulgação)

Beach Park (Foto: divulgação)

A administradora Andreia Silva associou-se ao programa há três anos, quando fez uma viagem ao Beach Park. Ela conta que se sentiu insegura no começo e por isso decidiu criar uma página no Facebook para dividir experiências com outros usuários. Hoje são 5 mil membros na fanpage Viajando com a RCI. Ali, eles trocam dicas e debatem assuntos como localização, limpeza, comida e lazer das redes associadas à empresa.

No exterior, há disponibilidade de reserva nos grupos Hilton, Best Western, Meliá, entre outros. Os planos mais populares são o RCI Weeks (troca por semanas) e RCI Points (por pontos). Ainda há o intercâmbio para propriedades de luxo por meio do The Registry Collection. Ao todo, são 4.600 hotéis afiliados à empresa em todo o mundo. “Um dos segredos é programar a viagem com antecedência, pois em cima da hora é difícil o hotel ter disponibilidade”, finaliza Adriana Faragó.

Entenda

O timeshare é uma titularidade de férias partilhadas. No significado original, está relacionado à divisão do mesmo apartamento, mesma casa ou unidade hoteleira com outros membros, pagando apenas pelo tempo e espaço utilizado. O cliente troca suas diárias, semanas ou pontos com a possibilidade de aproveitar o seu momento de lazer em qualquer hotel ou resort conveniado.

[/optinlocker]

 

Compartilhar: